Menu
Busca domingo, 09 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Em sua 1º viagem oficial ao exterior, Dilma chega hoje à Argentina

31 janeiro 2011 - 11h31

presidente Dilma Rousseff chega nesta segunda-feira à Argentina para sua primeira viagem oficial como presidente da República. Ela vai se reunir com a presidente argentina Cristina Kirchner na Casa Rosada, sede do governo do país. O encontro será reservado.

Dilma estará poucas horas na capital argentina, já que partirá à tarde, após o almoço de honra que o governo Kirchner preparou para a presidente brasileira no elegante Palácio San Martín, sede da chancelaria argentina. Este será o primeiro encontro oficial entre as duas únicas mulheres que atualmente são presidentes na América do Sul.

A presidente será acompanhada por vários ministros, entre os quais o chanceler Antônio Patriota, o ministro da Defesa, Nelson Jobim, o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, e o ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante. A presidente Dilma deve chegar à Casa Rosada, o palácio presidencial, às 11h30 (12h30 de Brasília).

Após a reunião com Cristina, Dilma vai receber representantes das mães e avós da Praça de Maio – associações que durante anos reivindicaram o paradeiro de seus filhos e netos desaparecidos durante a ditadura argentina.

Um dos assuntos sobre o qual Dilma e Cristina vão conversar na Casa Rosada é a assinatura de um acordo para a construção de um reator nuclear. Também há previsão de acordo na área de biocombustíveis e para construção da Hidrelétrica de Garabi, na fronteira entre Argentina e o estado do Rio Grande do Sul, e da Ponte sobre o Rio Peperi-Guaçu, entre a Argentina e o estado de Santa Catarina. Os projetos são de longo prazo.

O governo brasileiro também pretende disponibilizar ao país vizinho o modelo do programa habitacional Minha Casa, Minha Vida. O convênio será firmado entre a Caixa Econômica Federal e o Ministério do Planejamento da Argentina. Não há previsão de financiamento de casas por parte da Caixa.

Comércio - Segundo o governo federal, o volume anual de comércio Brasil-Argentina é da ordem de 33 bilhões de dólares, o que representa um crescimento de mais de 1000% em 20 anos. Entre 80 e 90% das relações comerciais são de produtos manufaturados. No período de 2002 a 2007, 40 empresas brasileiras investiram 15 bilhões de dólares no país vizinho.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Técnico Enderson Moreira é internado em MG após princípio de infarto
GERAL
Técnico Enderson Moreira é internado em MG após princípio de infarto
PANDEMIA
Como fazer suas compras de mantimentos de forma segura
PANDEMIA
Covid-19: o que fazer com as compras quando chegar em casa
CPI
CPI mira vacinas em audiências com Anvisa e Pfizer
Comissão debate representatividade política das pessoas com deficiência
DIREITOS HUMANOS
Comissão debate representatividade política das pessoas com deficiência
POLÍTICA
Pauta do Plenário tem três MPs, Loteria da Saúde e proibição de reajuste de medicamentos
SAÚDE
Pesquisa mostra aprofundamento de desigualdades na infância
GERAL
Explosão de gás destrói restaurante em Belém
ASTRAZENECA
Ministério da Saúde anuncia distribuição de doses para próxima segunda
POLÍTICA
Secretaria da Mulher debate situação das domésticas na pandemia

Mais Lidas

DOURADOS
Adolescentes flagrados em festa 'entregam' distribuidora que vendeu bebidas alcoólicas
BR-163
Colisão entre viatura e carreta termina com policial ferido
ACIDENTE
PRF diz que policial saiu andando de viatura após colisão com carreta
BR-163
Viatura da PRF estava com apenas um ocupante quando colidiu contra carreta