sexta, 24 de maio de 2024
Dourados
19ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Em curso do MST crianças e guerrilheiros ficam juntos

08 setembro 2003 - 08h34

A estrutura do Movimento dos Sem-Terra Como parte do treinamento os integrantes passam a conhecer exatamente como funciona o movimento e tem acesso a diversas informações que servirão para formar sua própria consciência. Em uma das aulas o garoto anotou no caderno que na região Centro-Oeste existiriam 61 milhões de hectares de terras improdutivas e que o Movimento dos Sem-Terra apoio de 86% da população. A direção do MST, segundo suas anotações é composta por 21 membros, mas revela que nem todos são projetados por questão de segurança “porque é frequente a ameaça de morte”. O menor ressalta ainda que o segredo do movimento não está nos líderes, mas sim na massa e formação das lideranças. Ele destaca também os recursos do MST e onde parte deles é aplicada. Segundo anotações do garoto, o movimento recebe US$ 500 mil para projetos científicos. Além disso é citado nas anotações que “ o MST recebe um subsídio que dentro de 8 anos soma 100 milhões”(não cita se em dólar ou em real). Dos recursos, que o MST dispõe US$ 120 mil seriam destinados a três advogados de nível nacional do MST. No caderno é revelado também que as famílias assentadas fazem doações ao movimento, que variam de 2% a 4% de sua conquista ou seja, de sua produção. “A organização vive das contribuições. Os laticínios que o movimento tem é para ter lucro e ajudar a melhorar a vida das pessoas. Temos alguns assentamentos que compram automóveis para o movimento”. É destacado ainda nas anotações que a comissão nacional do MST, que cuida da parte financeira deu nota zero para o Incra em relação as desapropriações. E, revela o “ato de ocupação é uma forma de fazer pressão ao Governo” e para chamar a atenção da mída. “A nossa maior missão dentro do MST é acabar com os latifúndios acima de mil hectares improdutivas.” O menor conta também que “nós utilizamos os conhecimentos de Marx(Karl Marx) para melhorar a crise econômica que vivemos”. Em relação a apoios é citado que no início o MST sofria muita influência da Igreja Católica e de outras organizações, tanto que o primeiro símbolo do movimento foi uma cruz. Hoje essa influência já não seria tão grande mas“ a Igreja Católica ainda ajuda muito os acampamentos”. Frente de Massa na busca de lideranças Arquivo Chácara dos padres palotinos, em Glória de Dourados, em 2002, reuniu lideranças do MST do Chile, Argentina, Paraguai e Brasil Dentro do MST, um dos setores mais importantes, conforme é revelado no curso, é a Frente de Massa(FM). No início ela era liderada pelas igrejas, sindicatos e outras entidades. Como havia participação de pessoas da igreja que juntavam o povo, “era mais fácil, pois não precisava de propostas convincentes”. No entanto as organizações eram limitadas e surgiu a necessidade de ampliar essa frente com discursos mais concretos e religiosos. A FM tem o papel de organizar, agitar e mobilizar, portanto “para fazer parte é preciso ter um grande espírito de sacrifício” e, como é citado no caderno, um dos princípios é ser inimigo dos que eles consideram “burgueses”, que seriam os latifundiários ou os ricos. Um dos ensinamentos repassados aos militantes sobre a burguesia é de que ela tira três coisas: “tira nosso sonho, tira nossa economia e se não conseguir isso, tira a nossa vida física”. Um membro da FM, conforme relata o menor, tem de estar infiltrado ou seja, mais perto do povo. “A FM tem que entender sobre o corpo do MST....é preciso ser um organizador popular....tem que ser um agitador permanente...o palco da nossa luta é campo mas a vitória se dará na cidade”. A intenção dessa frente também é descobrir as pessoas que querem terra mas não querem invasão e é daí que se formam os acampamentos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL

Governo sobretaxa misturas no aço usadas para burlar punições

JUSTIÇA

STF julga validade de regras internacionais para sequestro de crianças

SÃO PAULO

Parada LGBT+ pede que público resgate cores da bandeira do Brasil

ECONOMIA

Taxação de super-ricos ganha adesão de países, diz Haddad

Polícia apreende cocaína escondida dentro de caixas de suco
MATO GROSSO DO SUL

Polícia apreende cocaína escondida dentro de caixas de suco

SAÚDE

SUS terá recursos para aumentar acesso a cuidados paliativos

TRÁFICO DE DROAGS E RECEPTAÇÃO

Objetos furtados são recuperados em boca de fumo após investigação

SUL DO PAÍS

Com volta da chuva, aulas são suspensas em Porto Alegre

AGRICULTURA FAMILIAR

1º PAA Indígena de MS é lançado na Aldeia Jaguapiru em Dourados

BRASIL

Lula discute crise climática com juízes de corte internacional

Mais Lidas

REGIÃO 

Empresários são detidos por desvio de energia elétrica após operação do SIG

R$ 37 MILHÕES

Empresa é contratada para prolongar avenida do Centro até parque público de Dourados

BR-463

Douradense é preso com drogas em carro de luxo

ITAPORÃ

Funcionário de fazenda morre durante manutenção em silo