Menu
Busca segunda, 25 de maio de 2020
(67) 99659-5905

Em ano eleitoral, prefeitos precisam cumprir a LRF

08 janeiro 2004 - 09h14

O presidente do Tribunal de Contas do Estado, José Ancelmo dos Santos, revelou agora há pouco, que em 2003 36 municípios fecharam o ano no vermelho, ou seja, com déficit nas suas contas e, portanto, sem cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal.Ancelmo adiantou que neste ano, por se tratar de um ano eleitoral, não poderá haver quebra de caixa. Todas as prefeituras deverão estar com o caixa em ordem para passar ao seu sucessor eleito no pleito do fim de ano.Por outro lado ele acredita que a Lei de Responsabilidade Fiscal acabou tendo sua eficácia pelo próprio interesse do Governo que exige que os poderes cumpram com a meta de gastar menos do que arrecadam.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Educação organiza retorno, mas atividades em escolas indígenas permanecem suspensas
ECONOMIA
Ministro da Infraestrutura aposta no sucesso na venda de aeroportos
CORONEL SAPUCAIA
PM apreende 33,5 kg de maconha com dupla paranaense
LEVANTAMENTO
Nem frio nem corona faz sul-mato-grossense ficar em casa, e isolamento atinge apenas 50% no fim de semana
PANDEMIA
Voluntários entregam ala reformada do HV para atender pacientes com coronavírus
DOURADOS
Câmara quer Audiência com prefeita para tratar retorno das aulas na Reme
BRASIL
Bolsonaro vai à PGR cumprimentar novo procurador da PFDC
PANDEMIA
Dourados tem mais de 150 casos de Covid-19 e secretário diz ser assustadora a crescente na região
INFORME PUBLICITÁRIO
Construção com Tijolos Ecológicos é opção sustentável, econômica e segura
PANDEMIA
Mato Grosso do Sul ultrapassa mil casos confirmados do novo coronavírus

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Homem morre atropelado por rolo compactador
PANDEMIA
Dourados ultrapassa marca de 100 casos confirmados de coronavírus
MARACAJU
Homem morre após tentativa de fuga e troca de tiros com a polícia
MS-145
Motorista disse não ter visto momento que atropelou e matou ciclista