Menu
Busca terça, 29 de setembro de 2020
(67) 99659-5905

Egressa da Unigran conquista vaga em mestrado com nota máxima

18 dezembro 2012 - 10h27



A ex-aluna do curso de Pedagogia e acadêmica de Letras pela Educação a Distância da UNIGRAN, Ronise Nunes Cius, participou do processo seletivo de Mestrado em Educação – História da Educação, Memória e Sociedade da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) e garantiu sua vaga com nota 10. A futura mestre em Educação concorreu com 90 candidatos para sete vagas.

“Fui incentivada pela coordenadora de revisão de materiais didáticos - EAD da UNIGRAN, Andréia de Oliveira Iguma, a tentar uma vaga. E então fiz a inscrição, que eram vários documentos e um anteprojeto do que eu pretenderia desenvolver durante o mestrado. Depois da inscrição a UFGD comunicou sete temas que teríamos que estudar para a prova de seleção”, explica Ronise.

Os candidatos só souberam o tema que deveriam desenvolver no dia da prova. A pedagoga focou nos estudos e seu tema foi “Educação, perspectivas e temas atuais”. “Tivemos que desenvolver o tema na hora a partir de um dos temas que foi sorteado. Foi uma situação interessante, porque eu estava muito tranquila. Qualquer tema que caísse eu ia ter que conseguir desenvolver. Com o meu tema desenvolvi sete páginas”, informa a egressa.

Segundo Ronise, o desenvolvimento do tema não foi difícil, “como tenho uma visão panorâmica quando estudo, eu vim trazendo, então, desde a história, de quando surgiu o termo lá na Grécia antiga, e então o que era história, e o desenvolvimento da história. Fui afunilamento para a história da educação e só depois entrei nas perspectivas e temas atuais. E claro, sempre citando os autores estudados, fazendo a interlocução. Eu tinha muito claro em quem eu estava me baseando”.

O projeto que a pedagoga pretende realizar durante o mestrado ainda está com título provisório, que é “História dita, dita história”, mas a intenção é “investigar as instituições escolares. Focando na origem da educação infantil em Dourados. Sou douradense e fui atrás dessa história a partir da minha história, do porque que na década de 70 eu não ingressei na escola pré-primária. Como se deu esse atendimento à criança pequena nessa década em Dourados?”, questiona.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Suspeito de conduzir caminhão com 33t de maconha é preso no MT
SAÚDE & BEM - ESTAR
TPM e Hipnose Clínica: O recurso está na mente!
DOURADOS
Planos de escolas particulares serão analisados ‘em período epidemiológico oportuno’
INFORME PUBLICITÁRIO
Dalfort entrega obra com até 20% de economia e com prazo de conclusão reduzido
DOURADOS
Homem denunciado por violência doméstica é encontrado com arma dentro do veículo
DOURADOS
Entre vereadores que buscam seguir na vida pública, seis empobreceram no mandato
MEIO AMBIENTE
Empresa é multada em R$ 15,5 mil por desviar córrego para loteamento
EMPREGO
MSGás está com edital aberto para estagiários em duas cidades
FEMINICÍDIO
Filha de oito anos presenciou o pai agredir e jogar a mãe em poço
FUTEBOL
José Carlos Peres é afastado da presidência do Santos; vice assume

Mais Lidas

POLÍCIA
Comerciante morre em acidente na MS-276
REGIÃO
Homem que disse ter encontrado mulher morta volta atrás e confessa feminicídio
LAGUNA CARAPÃ
Homem sente falta de esposa, vai procurar e a encontra morta em poço
DOURADOS
Festa com mais de cem pessoas é encerrada no Novo Horizonte