Menu
Busca segunda, 26 de julho de 2021
(67) 99257-3397

Egípcio mata 4 filhas a facadas por vergonha delas

01 novembro 2004 - 15h13

Um egípcio esfaqueou até a morte quatro de suas filhas enquanto dormiam e feriu outras três pela "vergonha" que sentia por não ter tido um filho depois de 18 anos de casamento, informou a polícia local. Abdel Nasser Ibrahim Mahmud, um muezim (no islamismo, aquele que anuncia o horário das preces do minarete da mesquita) que na noite de domingo, horas antes dos assassinatos, convocou os muçulmanos para orações numa mesquita do Alto Egito, expulsou a esposa da casa da família um mês atrás. Antes do amanhecer desta segunda-feira, ele dirigiu-se para o quarto das sete filhas, com idades entre 3 e 15 anos, e as esfaqueou enquanto dormiam com duas facas, matando quatro delas e ferindo seriamente as outras três, informaram fontes da polícia. "Eu as matei porque não queria meninas, queria um menino", teria dito o homem a vizinhos que correram para o local do crime. A tragédia aconteceu em Sohag, 185 km ao sul, uma das regiões mais retrógradas do Egito, onde a falta de um herdeiro do sexo masculino é considerada uma humilhação.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

"Soldado" de grupo terrorista que atuava na fronteira é preso no Paraguai
POLÍCIA
"Soldado" de grupo terrorista que atuava na fronteira é preso no Paraguai
PLANOS DE SAÚDE
Presidente veta projeto que obriga cobertura de tratamento de câncer
Homem é preso após agredir patrão e jogar gasolina em residência
BRASIL
Saúde aponta 'irregularidades' em contrato na gestão de Ricardo Barros
GOLPE
Mulher transfere R$ 4.300 após golpista se passar pelo filho dela
SAÚDE
Monitoramento aponta boa qualidade das águas subterrâneas de MS
BATAYPORÃ
Polícia apreende cerca de 500 quilos de pasta base de cocaína na MS-134
PRÁTICAS
Detran/MS dobra número de exames realizados no primeiro semestre
TRÊS TONELADAS
Caminhão que saiu de MS é apreendido no Paraná com maconha
FUTEBOL
Justiça anula eleição de Caboclo na CBF e nomeia Landim interventor

Mais Lidas

DOURADOS
Revoltados por morte de adolescente, populares atacam casa de acusado
POLÍCIA
Adolescente de 13 anos morre após ser atropelado no Estela Porã; motorista fugiu
DOURADOS
Homem é esfaqueado na Rua Monte Alegre e encaminhado em estado grave ao HV
DOURADOS
Jovem bêbado é preso dirigindo em 'zigue-zague' na Presidente Vargas