Menu
Busca sábado, 06 de junho de 2020
(67) 99659-5905
ECONOMIA

Veja como bares, restaurantes e boates estão lidando com pandemia

29 março 2020 - 08h35Por Agência Brasil

Vouchers, assinaturas, promoções. Compre agora e leve depois. São muitas as estratégias de bares, boates e restaurantes de todo o país para conseguir dinheiro para pagar os funcionários e fornecedores, enquanto os negócios permanecem fechados por conta do novo coronavírus.

A empresária Ariella Nobre, proprietária do IVV Swine Bar, um bar especializado em vinhos, e do Iviva, uma casa de bowls e smothies, ambos em Brasília, viu o faturamento cair 90% na primeira semana de quarentena dos clientes. Para conseguir vender o estoque de comida optou pela entrega em casa, ou delivery. E agora a maior parte do faturamento vem da expansão do clube de assinaturas de vinhos, que contou com adesão dos clientes que não podem mais ir ao estabelecimento. “Optamos por afastar os funcionários mais vulneráveis, aqueles que teriam que vir de ônibus, e estamos trabalhando com equipe reduzida. Estamos tomando as decisões aqui dia a dia”, conta.

O Gentil Café, também em Brasília, criou cinco tipo de vouchers (cupom) que estão à venda pela internet para que os clientes possam ajudar a pagar os salários dos 11 funcionários. A ideia é que os clientes paguem pelos produtos agora e consumam o valor quando o estabelecimento reabrir. “Você compra agora, ajuda a gente a honrar os pagamentos e usa seu voucher quando o Gentil abrir”, diz publicação nas redes sociais.

Campanha nacional
Uma campanha para restaurantes de todo o país, com patrocínio de uma marca de cerveja, também incentiva a compra de voucher e oferece uma compensação: o dobro do valor gasto em produtos. O movimento Apoie Um Restaurante pede que clientes comprem um voucher que vale R$100 com 50% de desconto, valor final R$50,00 e usem quando os estabelecimentos reabrirem. Só é permitida a compra de um voucher por Cadastro de Pessoa Física (CPF) e o cupom poderá ser usado até o último dia deste ano.

A casa noturna Eye Patch Panda, em Brasília, lançou uma campanha para conseguir se manter durante a pandemia. Quem fizer compras antecipadas de produtos vai participar de um sorteio de uma festa privada quando a casa reabrir. Segundo o estabelecimento, 20% de todo o valor arrecadado será distribuído entre os funcionários. “Mais do que nunca, a hora é de cuidarmos uns dos outros. Então guarde as suas energias para quando voltarmos à programação”, diz recado publicado nas redes sociais.

Para a analista de Alimentos e Bebidas da Unidade de Competitividade do Sebrae Nacional, Mayra Monteiro Viana, manter a interação com o cliente é fundamental em um momento de crise: “É comum que os consumidores já sigam seus bares preferidos nas redes sociais. Para manter o consumidor engajado, os bares podem realizar postagens de dicas de elaboração de drinks dentro de casa, harmonização com comidas e até mesmo lives de shows em parceria com artistas locais. Essa é uma nova forma de entretenimento, que manterá o cliente por perto”, explica.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TV DOURADOS NEWS
Vice-presidente da Aced diz que o lockdown é fatal para empregos e empresas; assista a entrevista
CHAPADÃO DO SUL
Depois de fugir do cativeiro, professor passou noite escondido em mata
INQUÉRITO
Presidente da Fundação Palmares será investigado por suspeita de racismo
TRÊS LAGOAS
Traficante tenta se esconder embaixo da cama após batida da Polícia
TECNOLOGIA
Detran/MS explica passo a passo como obter licenciamento através de aplicativo
TRÊS LAGOAS
Homem condenado a 10 anos de prisão por estuprar criança é preso
EDUCAÇÃO
IFMS abre inscrições para cursos técnicos presenciais na terça-feira
EDUCAÇÃO
Enem 2021 pode ser suspenso por falta de recursos, alerta MEC em ofício
CAMPO GRANDE
Motorista pede para completar tanque e foge sem pagar R$ 187
LAVA JATO
PGR denuncia Arthur Lira, um dos líderes do 'Centrão', por corrupção passiva

Mais Lidas

PANDEMIA
Em disparada, casos de Covid-19 tem novo recorde diário e passam de 400 em Dourados
DOURADOS
Suspeito de apontar arma na cabeça de motoboy para roubar veículo é apreendido
DOURADOS
Empresário que vendeu gasolina sem imposto vê tributo mal usado no país
DOURADOS
Polícia descobre central que abastecia “bocas de fumo” e prende traficante