Menu
Busca terça, 01 de dezembro de 2020
(67) 99659-5905
ECONOMIA

Taxa de desemprego no país fecha 2019 em 11,9%

31 janeiro 2020 - 11h34Por Agência Brasil

A taxa média de desemprego no país caiu para 11,9% em 2019. A taxa é inferior à registrada em 2018, que havia fechado o ano em 12,3%.

Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios – Contínua (Pnad-C), divulgada hoje (31) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

No quarto trimestre do ano, a taxa de desemprego ficou em 11%. No terceiro trimestre do ano, o índice havia sido de 11,8%.

A média anual de desocupados completou 2019 com menos 215 mil pessoas em relação ao ano anterior. Com o recuo de 1,7%, ficou em 12,6 milhões. No último trimestre de 2019, a queda na comparação com os três meses anteriores ficou em 7,1%, ou menos 883 mil pessoas. Com relação a igual período de 2018, o recuo é de 4,3%, o que significa menos 520 mil pessoas.

Ainda de acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios – Contínua (Pnad-C), a população ocupada, na média anual, alcançou 93,4 milhões, sendo 2% acima da registrada em 2018. Na comparação do último trimestre de 2019, com o período anterior, a alta é de 0,8%, o que representa mais 751 mil pessoas. Em relação ao mesmo trimestre em 2018, a elevação ficou em 2%, ou seja, mais 1,8 milhão de pessoas.

Os trabalhadores por conta própria cresceram 4,1% na média de 2019, atingindo 24,2 milhões, comparados a 2018. No último trimestre o índice ficou estável em relação ao período anterior e cresceu 3,3%, mais 782 mil pessoas.

O número de empregados sem carteira assinada subiu 4% na média anual, o que significa mais 446 mil pessoas em 2019 na comparação com 2018. No último trimestre ficou estável se comparado ao mesmo período anterior e cresceu 3,2%, se comparado aos três últimos meses de 2018, representando mais 367 mil pessoas.

Na categoria de empregados com carteira de trabalho assinada a alta ficou em 1,1% na média anual, alcançando 33,2 milhões de trabalhadores, ou um crescimento de 356 mil pessoas. Nos últimos três meses do ano subiu 1,8% ( mais 593 mil pessoas), frente ao trimestre anterior e 2,2%, mais 726 mil pessoas, em relação ao mesmo trimestre de 2018.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Menina de seis anos tem nariz reconstruído após levar tiro de fuzil
FRONTEIRA
Menina de seis anos tem nariz reconstruído após levar tiro de fuzil
STF
Nunes Marques adia decisão sobre bloqueio de perfis por Bolsonaro
CAPITAL
Para traficar drogas, homem escondia maconha no guarda-roupa de filhos
FÓRMULA 1
Pietro Fittipaldi substituirá Grosjean na Haas e Brasil volta a F-1
DENÚNCIA
Mulher é presa por deixar filhos sozinhos para consumir drogas
UEMS
Inscrições para Mestrado e Doutorado em Recursos Naturais terminam na quinta
Mulher é presa levando droga ao filho em preso em dobra de cobertor
BANDEIRA VERMELHA
Conta de luz voltará a ter taxa extra a partir de amanhã, e a mais cara
Jovem encontrado morto no rio Aquidauana tinha 21 anos
BALANÇO
Desmatamento na Amazônia cresce 9,5% em um ano, aponta Inpe

Mais Lidas

DOURADOS
Primeira noite com novo toque de recolher tem flagrante de festa com 119 adolescentes
DOURADOS
Decreto é republicado por incorreção, agora com brechas para esporte coletivo e boliche
DOURADOS
Homem é preso com arma após ex-namorada correr até viatura da PM e denunciar ameaça
POLICIAL
Criminoso imita abordagem de polícia para cometer roubo em Dourados