quinta, 22 de fevereiro de 2024
Dourados
24ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
REGIÃO 

Sudeco reforça importância da União ao desenvolvimento do Centro-Oeste

06 dezembro 2023 - 21h20Por Da Redação

A Sudeco (Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste) tem cumprido um papel importante no desenvolvimento da região centro-oeste. Na tarde desta quarta-feira (6), o Governo de Mato Grosso do Sul participou da 19ª reunião deliberativa da superintendência em Brasília.

De acordo com o vice-governador José Carlos Barbosa, o Barbosinha, que representou a gestão estadual na reunião, durante o encontro foram tratadas a programação dos fundos Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (FCO) e de Desenvolvimento do Centro-Oeste (FDCO) para o exercício de 2024, bem como apresentação do relatório das atividades desenvolvidas e os resultados obtidos pelo Fundo em 2022.

"A Sudeco, ao longo dos anos, tem cumprido um papel proeminente no desenvolvimento da região centro-oeste e de uma forma muito especial no Mato Grosso do Sul. Quando vemos o balanço de operações contratadas com recursos do FCO em valor superior a R$ 10 milhões, percebemos o quão importante é esse investimento para o desenvolvimento do setor empresarial, comercio, indústria, agricultura, suinocultura, entre outros. São valores financeiros que vem equalizar o desenvolvimento e que a região centro oeste, ainda em pleno desenvolvimento e expansão, irá precisar muito", avaliou.

Presidida pela sul-mato-grossense, Rose Modesto, a Sudeco tem como objetivo promover o desenvolvimento regional, de forma includente e sustentável, e a integração competitiva da base produtiva regional na economia nacional e internacional.

Entre as principais ações da superintendência está definir objetivos e metas econômicas e sociais que levem ao desenvolvimento sustentável da Região Centro-Oeste; elaborar o Plano Regional de Desenvolvimento do Centro-Oeste (PRDCO), articulado com políticas e planos de desenvolvimento nacional, estaduais e municipais e, em especial, com a Política Nacional de Desenvolvimento Regional (PNDR); formular programas e ações com os ministérios para o desenvolvimento regional; articular a ação dos órgãos e entidades públicos e fomentar a cooperação dos entes econômicos e sociais representativos da região.

Condel

Mato Grosso do Sul faz parte do Conselho Deliberativo do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Condel), ao lado Governadores do Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso; Ministro da Fazenda; Ministro do Planejamento e Orçamento; Ministro da Integração e Desenvolvimento Regional; Ministro da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos; Ministros de Estado das demais áreas de atuação do Poder Executivo; Representantes dos municípios, da classe empresarial, da classe dos trabalhadores e de organizações não-governamentais da área de atuação da Sudeco; da Superintendente da Sudeco; e do Presidente do Banco do Brasil S.A.

O órgão aprova planos e propostas que favoreçam setores importantes da economia regional, além de acompanhar seus trabalhos, diretamente ou por meio de comitês temáticos, desempenhando um papel fundamental na promoção do desenvolvimento econômico e social da região Centro-Oeste.

"Os conselhos regionais são muito importantes, porque são quem conhece as demandas, aquilo que é prioritário para o desenvolvimento local e principalmente na elaboração do plano de investimentos, haja vista o papel importante de direcionar o planejamento. Hoje o centro-oeste é o celeiro da produção nacional e esperamos que o Governo Federal continue a ter olhar especial para a nossa região", finalizou Barbosinha.

Sudeco

Criada em 1º de dezembro de 1967, no governo Costa e Silva, para estimular o desenvolvimento regional, tal como a Sudene (criada em 1959) e a Sudam (em 1966). A superintendência substituiu a Fundação Brasil Central, instituída em 6 de outubro de 1943, no governo Getúlio Vargas, cuja finalidade era desbravar e colonizar as zonas compreendidas entre os rios Araguaia e Xingu.

Ao contrário da Sudene e da Sudam, porém, a Sudeco não dispunha de incentivos fiscais, bancados pelo Finor (Fundo de Investimento do Nordeste) e pelo Finam (Fundo de Investimento da Amazônia). Por essa razão, ela não teve a mesma importância que as demais. Mesmo assim, colaborou com a implantação do Programa de Desenvolvimento dos Cerrados e do Programa Especial de Desenvolvimento do Pantanal, entre outros.

Extinta em 1990, na gestão de Fernando Collor, a Sudeco foi recriada em 2009, vinculada ao Ministério da Integração Nacional, com a finalidade de promover o desenvolvimento regional, de forma includente e sustentável, e a integração competitiva da base produtiva regional na economia nacional e internacional.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Homem é preso após furto de carro, colisão em muro e furto de moto
IVINHEMA

Homem é preso após furto de carro, colisão em muro e furto de moto

JUSTIÇA ELEITORAL

Julgamento que pode cassar mandato de Sergio Moro começa em abril

Morador de MS é condenado a 17 anos de prisão por atos golpistas
8 DE JANEIRO

Morador de MS é condenado a 17 anos de prisão por atos golpistas

Confederação reforça parceria e destaca referência de MS no vôlei de praia
ESPORTES

Confederação reforça parceria e destaca referência de MS no vôlei de praia

Diretor de trânsito manda taxistas "quebrarem" motoristas clandestinos no pau
RIBAS DO RIO PARDO

Diretor de trânsito manda taxistas "quebrarem" motoristas clandestinos no pau

REGIÃO 

Reitoria manifesta apoio à luta da categoria técnico-administrativa da UFGD

CAPITAL

"Gangue das Mulheres" volta à ativa e duas são presas após furto em loja

STF

Flávio Dino toma posse como ministro do Supremo Tribunal Federal

CORUMBÁ

Bombeiros e Marinha socorrem jovem atacado por queixada no Pantanal

ATOS GOLPISTAS

Valdemar e Torres depõem na PF sobre tentativa de golpe; Bolsonaro se cala

Mais Lidas

TACURU

Servidores são indiciados por desvio de recursos públicos em cidade do interior do MS

DOURADOS

Família procura homem desaparecido desde a manhã desta segunda em Dourados

PROIBIÇÃO

Projeto que veda por mais 5 anos a captura e comercialização do Dourado passa pela CCJR

PARTIDAS DOBRADAS

Operação cumpre mandado em Dourados e mira esquema que movimentou R$ 200 mi em notas frias