Menu
Busca terça, 07 de abril de 2020
(67) 9860-3221
SAÚDE

Produtores de cachaça vão doar 70 mil litros de álcool ao SUS

26 março 2020 - 21h05Por Agência Brasil

O Ibrac (Instituto Brasileiro da Cachaça) vai doar pelo menos 70 mil litros de álcool etílico, hidratado a 70%, ao SUS (Sistema Único de Saúde), para colaborar no combate ao novo coronavírus. A entidade representa o setor produtivo da cachaça no país. De acordo com o diretor-executivo do Ibrac, Carlos Lima, o movimento é recente e tende a aumentar.

“A gente fez um chamamento aos associados para que eles avaliem tecnicamente se têm condições de produzir esse álcool a 70% e, gradativamente, a gente vem tendo resposta de empresas que estão se engajando nesse processo”, disse Lima à Agência Brasil. Os primeiros doadores são as oito maiores empresas produtoras de cachaça de grande, médio e pequeno porte, incluindo multinacionais.

Cada empresa, individualmente, está contactando as prefeituras para atender a demandas locais. "Cada empresa está fazendo essa gestão do processo e entregando o álcool de acordo com a demanda da prefeitura ou do parceiro local que pretende receber isso”, informou o diretor do Ibrac.

Logística

Carlos Lima explicou que, em alguns casos, a prefeitura não tem condição de estocar o produto. Então, a entrega é fracionada. Já em outros casos, a entrega é feita em sua totalidade. Uma empresa de São Paulo, por exemplo, já tem fechada para amanhã (27) a entrega de 3 mil litros. “Realmente, é uma situação de governança local. As empresas e os governos avaliam a melhor forma de logística”, explicou.

De acordo com o diretor, o instituto quer fazer contato com entidades representativas do setor de embalagens para convidar seus membros a doarem embalagens plásticas para envazar o produto e participarem, assim, da iniciativa de combate à pandemia.

Anvisa

Carlos Lima conta que antes de entrar em contato com as mais de 300 empresas associadas, o Ibrac consultou a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e o Ministério da Agricultura, uma vez que produtores de bebidas alcóolicas não podem produzir o álcool a 70% sem licença.

“A gente conversou com a Anvisa sobre isso, o Ibrac chegou a apresentar um pedido formal à agência para que os associados tivessem uma autorização emergencial e excepcional para a realização dessa atividade”. No último final de semana, a Anvisa publicou nota técnica estabelecendo os critérios para que as empresas fizessem essa produção, atrelada à doação do produto. A nota foi atualizada na última terça-feira (24). A iniciativa também foi comunicada ao Ministério da Agricultura.

“O Ibrac vem orientando seus associados a seguirem à risca a nota técnica da Anvisa e as demais legislações vigentes para produção desse álcool a 70% e a consequente doação”, contou o diretor-executivo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19
Saúde de MS recomenda uso de máscaras por toda população
ECONOMIA
Governo começa a pagar auxílio emergencial de R$ 600 na quinta
UNIGRAN
Carreira em Administração: há muitas vagas, mas exige profissionais idealizadores
INTERNACIONAL
Premiê britânico segue estável e de bom humor, diz porta-voz
CORONAVÍRUS
MS ocupa as últimas colocações em ranking de isolamento nacional
OPERAÇÃO SEMANA SANTA
Trabalho de prevenção e repressão à pesca predatória tem inicio hoje em MS
FUTEBOL
Após apelo, CBF destina R$ 19 milhões a clubes e federações
SAÚDE PÚBLICA
Dourados tem 640 casos de dengue e quase 300 suspeitas aguardam resultado
Dourados News
Campanha Solidária "Anjos de Dourados"
COVID-19
MS registra dia com mais confirmações e casos de coronavírus chegam a 80

Mais Lidas

DOURADOS
Dois homens são executados por dupla de moto no Jardim Carisma
FLEXIBILIZAÇÃO
Com restrições, comércio volta a funcionar amanhã em Dourados
COVID-19
Estado tem mais três confirmações do novo coronavírus em 24 horas, todas no interior
DOURADOS
Polícia apura que filho matou pai a pauladas após agredir a mãe grávida