Menu
Busca sexta, 17 de setembro de 2021
(67) 99257-3397
DOURADOS

Produção de milho safrinha tem a melhor condição climática em 3 anos

28 julho 2014 - 13h00

Thalyta Andrade

O produtor da região de Dourados tem neste ano de 2014 as melhores condições climáticas dos últimos três anos, conforme avaliam especialistas e segundo aponta a base de dados da Embrapa Agropecuária Oeste.

“O que temos observado e ouvido de assistentes técnicos é que nesses últimos três anos a produção tem pegado condições climáticas muito favoráveis, sendo 2014 o melhor deles. Isso porque tivemos ocorrência de chuvas bem distribuídas, e não houve geada. Em maio e junho tivemos chuva abaixo da média, mas bem distribuídas, o que não proporcionou ocorrência relevante de deficiência hídrica”, explicou o pesquisador da Embrapa Agropecuária Oeste, Carlos Ricardo Fietz, em entrevista ao Dourados News.

Somente neste mês de julho, a média de chuva acumulada até o momento é de 108 milímetros, sendo a que média histórica dos últimos 35 anos é de 46.4 milímetros. A geada, que é o ‘grande temor’ dos produtores rurais, não se fez presente, e a projeção histórica é de que não deva mais acontecer.

“Quando a temperatura está acima de quatro graus dificilmente ocorre geada, e nossa menor temperatura até agora foi de 6.3°C. Pode ser que ocorra em agosto, mas historicamente 85% dos registros de geada foram em junho e julho. Somente 15% remetem ao mês de agosto. Este ano o inverno está mais suave, e isso foi muito bom para a safra. Se acontecer geada em agosto, o que é difícil, mas possível, não haverá grandes impactos. Isso porque o milho já está pronto”.

De acordo com informação da Famasul (Federação de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul), a colheita iniciada no começo deste mês já atinge uma média de 20% da área plantada em todas as regiões do Estado. A estimativa é de que o trabalho se encerre até o fim do mês de agosto.

“O trabalho está rápido, e seu andamento depende das condições de umidade do solo e da entrada do maquinário na lavoura. Mas, tudo está dentro das projeções iniciais. Naturalmente a chuva atrapalha um pouco a operação de colheita, mas isso não deve prejudicar o andamento do cronograma”.

Apesar de cenário favorável, retorno econômico não será ‘tão bom’

Ainda conforme o pesquisador da Embrapa Agropecuária Oeste, os produtores colhendo estão satisfeitos com a produtividade, já que alguns inclusive estão ultrapassando o volume de 100 sacas por hectare. No entanto, isso não significa uma boa safra em retorno econômico.

“O milho está com o preço muito baixo no mercado, então apesar da produtividade excelente que o produtor está encontrando, isso não significa que ele terá um retorno econômico gigante. Tudo depende de variáveis que não dependem dele, como é o caso do preço do milho e a influência do mercado internacional nisso”, finalizou Fietz.

De acordo com a Famasul a projeção para colheita de milho safrinha este ano é de 7,5 milhões de toneladas em Mato Grosso do Sul. No cenário nacional, o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) projeta uma produção de 76,3 milhões de toneladas de milho para este ano, considerando tanto o volume da primeira quanto o da safrinha, que corresponde a 45 milhões.

Deixe seu Comentário

Leia Também

RIO VERDE
Acusado de incendiar casa com a ex-mulher dentro é preso
MUDANÇAS NOS RELÓGIOS
Com crise hídrica, governo pede novo estudo sobre horário de verão
CAPITAL
Operação mira Facção Criminosa e cumpre mandados em presídio
POLÍTICA
Governo eleva alíquota do IOF para custear o novo Bolsa Família
Enquanto mãe trabalhava, avô estuprava menina de quatro anos
PRAZO
Inscrições para 8ª Mostra Audiovisual de Dourados seguem até dia 29
DOURADOS
Homem é preso na Vila Popular acusado de tráfico e porte ilegal
JUSTIÇA
Quatro anos depois, homem é condenado pela morte do cunhado
ECONOMIA
Caixa reduz juros do crédito habitacional na modalidade poupança
SÃO PAULO
Fiscalização encontra 30 quilos de cocaína em tanque de combustíveis

Mais Lidas

DOURADOS
Após denúncias, casal é preso por tráfico no Jardim Guaicurus
24 HORAS DE VACINA
Dourados terá 'viradão' da vacina para aplicar doses em cinco grupos
DOURADOS
'Trevo do DOF' terá viaduto de 40m e ficará pronto em oito meses
DOURADOS
Homem morre no hospital depois de ser atropelado na área central