Menu
Busca sexta, 03 de julho de 2020
(67) 99659-5905
RURAL

Prazo para produtores cadastrarem áreas de soja termina hoje

10 janeiro 2020 - 06h24Por Da Redação

O plantio da soja é permitido até o dia 31 de dezembro como prevenção à doenças como a ferrugem asiática. A semeadura foi anunciada como concluída em Mato Grosso do Sul no início de dezembro. Com o fim do processo de plantio o produtor rural deve cadastrar sua área de soja para que seja feito o acompanhamento e o controle de doenças e pragas. 

O prazo para cadastro obrigatório das áreas semeadas na safra 2019/2020 no Estado termina nesta sexta-feira, dia 10 de janeiro. De acordo com o presidente da Agência Estadual de Defesa Animal e Vegetal (Iagro), Daniel Ingold, o prazo não será prorrogado. “É muito importante que os produtores cadastrem as áreas, porque por meio desse cadastro é que a Agência tem acesso às informações para criar os programas de defesa. Temos que salientar que o plantio só é permitido até o dia 31 de dezembro e que a safrinha da soja é proibida para previnir a ferrugem asiática”, afirmou.

O presidente da Iagro ainda ressalta que o produtor está sujeito à multa quando não cadastra sua plantação. “É um processo bem simples, todo digital, o produtor não precisa vir até a Agência, é só entrar no site e cadastrar. Com o cadastramento ele evita transtornos como fiscalização e multa”, contextualizou Ingold.

Conforme dispõe a Lei Estadual 5.025/2017, os produtores devem cumprir a janela de plantio para a cultura da soja, além de respeitar a nova determinação de não plantar soja sobre soja, soja segunda safra ou soja safrinha no Estado de Mato Grosso do Sul. Para aquele produtor que perder o prazo e não fazer o cadastro, há uma multa de até 100 Unidade Fiscal Estadual de Referência de Mato Grosso do Sul (Uferms) de acordo com a Lei Estadual n° 3.333/2006. 

Semeadura concluída em dezembro

O plantio da soja foi concluído em Mato Grosso do Sul e agora o produtor deve ficar atento a evolução das lavouras e começar a pensar na segunda safra (o milho safrinha). O presidente da Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul (Aprosoja-MS), André Dobashi, explicou que no dia 6 de dezembro o plantio da soja safra 2019/2020 foi considerado concluído.  

“Algumas regiões ainda tem semeadura, mas são pequenas áreas para serem concluídas. Durante esse período não tivemos relatos de grande área de replantio, o que notamos em todas as regiões foram problemas com a qualidade da semente, essas plantas que tinham baixa qualidade precisaram ser replantadas. Nós tivemos uma estiagem muito acentuada, o atraso que houve nesse período a gente não via há mais de cinco anos”, explicou Dobashi. 

O titular da Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), Jaime Verruck, alerta que ainda não há registro de foco de ferrugem asiática no Estado, mas foram detectadas incidências no Paraná, em região próxima a Mato Grosso do Sul, reforçando o alerta de caráter permanente e preventivo para a ocorrência de pragas com o andamento da safra. 

Conforme informações do Consórcio Antiferrugem , da Embrapa Soja, no Brasil já foram confirmadas seis ocorrências de ferrugem asiática, no Rio Grande do Sul, São Paulo e Paraná. “Com isso a região Sul já passa a ter maiores probabilidades de registro, devido a exposição na divisa do Estado, mas todos os agricultores devem acender o sinal de alerta e não perder tempo caso seja identificada a ferrugem ou qualquer outra doença nas plantações”, explica o presidente da Aprosoja.

A estimativa de área plantada  de soja na safra 2019/2020 é de 3,163 milhões de hectares, aumento de 6,18% em relação a safra anterior (2,979 milhões de toneladas). Em  relação a expectativa da produção de grãos é esperado um aumento de 12,57% passando de 8,800 milhões de toneladas na safra 2018/2019 para 9,906 milhões de toneladas na safra 2019/2020. A produtividade média deve ser matida em 52,19 sacas por hectare.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESPORTE
Grande Prêmio do Brasil de F1 pode ser cancelado
CAMPO GRANDE
1ª Câmara Criminal nega recurso de condenado por usar CNH falsa
BRASIL
Governo ainda estuda recriar Ministério da Segurança, diz Mendonça
CRIME AMBIENTAL
PMA desmonta acampamento de pescadores e apreende petrechos ilegais
PANDEMIA
Governo de MS prorroga medidas de apoio aos empresários
ELEIÇÕES
TSE adia prazos eleitorais de julho em 42 dias
BRASIL
CPB promove camping virtual com jovens atletas de natação
REGIÃO
Corpo é encontrado no Rio Paraguai
DOURADOS
Entardecer faz temperatura cair 5°C em pouco mais de uma hora
PANDEMIA
Entre as 10 com mais casos de coronavírus em MS, cidade retomará aulas presenciais

Mais Lidas

DOURADOS
Decretos sobre aglomerações, igrejas e comércio terão mais 10 dias de vigência
PANDEMIA
Dourados tem quatro mortes por Covid em 24 horas, uma das vítimas médico
DOURADOS
Comerciante encontra homem morto ao chegar para abrir estabelecimento
20 VEÍCULOS
"Bonde do contrabando" é apreendido abarrotado de produtos do Paraguai