domingo, 26 de maio de 2024
Dourados
12ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
MATO GROSSO DO SUL

Pequenos produtores aderem projeto que insere agricultura familiar no mercado de créditos de carbono

21 abril 2024 - 19h20Por Semadesc

A Semadesc (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação), a APOMS (Associação dos Produtores de Orgânicos do Mato Grosso do Sul), Cooperapoms (Cooperativa de Produtores Orgânicos de Mato Grosso do Sul) e a Acorn/Rabobank reuniram-se nesta sexta-feira (19) para avaliarem o andamento do projeto Agroflorestar MS Carbono Neutro, parceria entre o poder público em Mato Grosso do Sul e a iniciativa privada para a inserção da agricultura familiar sul-mato-grossense no mercado de créditos de carbono.

Participaram da reunião, de forma presencial, o secretário Jaime Verruck, da Semadesc; o presidente da APOMS, Olácio Komori e o coordenador de Apoio à Inclusão Sanitária, Agroindústria e Certificação da Produção Familiar, David Lourenço, da SEAF/Semadesc (Secretaria Executiva de Agricultura Familiar, de Povos Originários e Comunidades Tradicionais), além de representantes da Acorn/Rabobank, por meio de videoconferência.

O secretário Jaime Verruck lembrou que o Agroflorestar MS, formalizado em dezembro de 2023, é um projeto inovador e inédito no Brasil, propondo um novo modelo de negócio agropecuário para a agricultura familiar. “Nós fizemos uma avaliação do Agroflorestar MS Carbono Neutro, que é o primeiro projeto de desenvolvimento de crédito carbono para a agricultura familiar em sistemas florestais. Nós temos uma meta bastante audaciosa, mas já APOMS, com o trabalho dela, já conseguiu a adesão de 35 produtores em Mato Grosso do Sul”, informou.

O projeto visa incluir 800 pequenos produtores rurais para implementarem 2,5 hectares de agrofloresta cada, totalizando 2.000 hectares em agrofloresta em até 4 anos. O diferencial do projeto é o pagamento pelo crédito de carbono da agrofloresta, o que é possível por meio de plataforma desenvolvida pela Rabobank Acorn que envolve desde a medição do crescimento da biomassa via tecnologia de sensoriamento remoto e a subsequente comercialização do crédito de carbono à sua rede de clientes internacionais.

“Os produtores são avaliados pela Acorn, mas o projeto já está implantado. Temos até setembro para avançar na estruturação da melhoria da adesão. Agora, a Semadesc, juntamente com a Agraer, vai focar na assistência técnica para ampliar esse processo de adesão de novos produtores. Esse é um projeto importante dentro do Estado Carbono Neutro e que visa exatamente conseguirmos levar essas metodologias para a agricultura familiar”, finalizou Jaime Verruck.

O programa foi apresentado pelo secretário-executivo de Agricultura Familiar, da Semadesc, Humberto Mello que destacou que o programa prevê um desenho da agrofloresta, com arranjo de espécies nativas do Cerrado, como o Cumaru e o Jatobá consorciada com espécies frutíferas. “As entidades de pesquisa e universidades e a Cresol abraçaram este projeto. A meta é de iniciemos 2024 com este projeto já em andamento”, citou.

Além do Governo do Estado, Acorn/Rabobank, Rabo Foundation, o projeto tem como realizadores a Cooperapoms e apoio da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) e Cresol Centro-Sul.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SUL DO PAÍS

Vale do Taquari: Exército vai refazer travessias levadas pelas cheias

BRASIL

Novos títulos verdes financiarão economia circular e saneamento

MATO GROSSO DO SUL

Chefes de unidades de investigação de homicídios debatem índice nacional em reunião

RIO GRANDE DO SUL

Prefeitura usa sacos para fechar comportas danificadas em Porto Alegre

SAÚDE

UTIs vão reforçar hospitais de campanha no Rio Grande do Sul

MATO GROSSO DO SUL

Mulher que usou espingarda de pressão para machucar cachorro é presa

BRASIL

Saúde lança nova campanha de vacinação contra covid-19

ARTIGO

A exploração política de uma tragédia...

POLÍCIA

Animais em situação de maus tratos são resgatados em Corumbá

ESPORTE

Brasil encerra Mundial de Atletismo com mais seis medalhas

Mais Lidas

'SEGURANÇA LEGAL'

Empresas clandestinas de segurança são alvos de Operação da Polícia Federal em MS

DOURADOS 

Alerta de Frio: Temperaturas em Dourados devem cair no final de semana

NOVIDADE

Dourados poderá ter corredor gastronômico na avenida Weimar Torres

TEMPO

Inmet divulga alerta de tempestade para Dourados e região