segunda, 08 de agosto de 2022
Dourados
22°max
17°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Para Mantega, Orçamento de 2005 reflete crescimento da economia

01 setembro 2004 - 08h12

O Orçamento Geral da União para 2005 será o marco da consolidação do crescimento econômico brasileiro, segundo avaliação do ministro do Planejamento, Guido Mantega.O ministro entregou hoje o projeto de Lei Orçamentária para 2005 ao Congresso. A proposta estabelece receitas de R$ 457,4 bilhões e despesas de R$ 342,1 bilhões.O projeto prevê despesas de custeio e capital, que inclui investimentos, de R$ 114,2 bilhões. Desse total, os ministérios terão R$ 109,7 bilhões.A previsão de receitas cresceu R$ 47,2 bilhões em relação ao orçamento deste ano e a de despesas, R$ 45 bilhões.Para Mantega, a principal característica do Orçamento de 2005 é a garantia da retomada do desenvolvimento com distribuição de renda. Ele também citou a ampliação dos investimentos em programas sociais e a redução das desigualdades regionais.Guido Mantega afirmou que, no próximo ano, haverá diminuição da carga tributária brasileira. Segundo ele, é objetivo do governo trazer a carga administrada pela Receita Federal para 16,34%."O aumento da arrecadação se dará com a diminuição da carga e com crescimento econômico", disse Mantega, citando também a implementação de ações para intensificar a fiscalização e evitar fraudes.As despesas com custeio e investimentos do Executivo passarão de R$ 97,9 bilhões para R$ 109,7 bilhões.Mantega afirma que o governo tem se esforçado para ampliar os investimentos, reduzindo os gastos com o custo da administração.Para 2005, o projeto de lei prevê investimentos de R$ 11,4 bilhões, contra R$ 7,7 bilhões deste ano.Guido Mantega informou que o governo está levantando diversos projetos chamados "investimentos extraordinários", que têm como característica a rentabilidade, que poderão ser retirados da contabilização da meta de superávit primário.Com as duas iniciativas, a previsão do governo é que os gastos com investimentos possam atingir R$ 15,8 bilhões. Segundo Mantega, a meta do governo é que o total de investimentos --incluindo governo e as estatais-- chegue a R$ 40,1 bilhões, contra R$ 35,4 bilhões deste ano. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE

Varíola dos macacos: entidades criticam estigma a homossexuais

Homem é espancado em construção abandonada na Capital
POLÍCIA

Homem é espancado em construção abandonada na Capital

GERAL

Justiça nega 'habeas corpus' pedido pela defesa do cônsul alemão

Ladrões invadem empresa e furtam óleo diesel
REGIÃO

Ladrões invadem empresa e furtam óleo diesel

CULTURA

Academia Brasileira de Letras reabre bibliotecas para o público

CAPITAL

Mulher capota veículo e é socorrida pelo Corpo de Bombeiros

DIREITOS HUMANOS

Lei Maria da Penha completa 16 anos neste domingo

POLÍCIA

Foragido da justiça é preso em abordagem na fronteira

POLÍTICA

Eleições 2022 mantém maioria do eleitorado feminina, com 53%

POLÍCIA

Boca de fumo é fechada e traficante preso na fronteira

Mais Lidas

TRAGÉDIA

Mulher que morreu em acidente na BR-463 era agrônoma de Dourados

TRAGÉDIAS

Agosto começa com quatro mortes por acidentes de trânsito em Dourados 

LUTO

Conselho de Agronomia lamenta morte de jovem agrônoma em acidente

TENTAVIVA DE HOMICÍDIO

Susto provocado por cachorro e discussão terminam com ciclista baleado