Menu
Busca domingo, 27 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
CAPITAL

Mulher compra celular pela internet e recebe caixa com luvas sujas

03 dezembro 2019 - 22h35Por Da Redação

Uma consumidora campo-grandense levou um susto nesta segunda-feira, dia 02 de dezembro, ao receber o pedido de um celular que comprou pela internet. Animada com a chegada da compra, a cliente abriu a caixa do pedido e teve uma surpresa nada agradável: o pedido dela não estava no pacote.

Moradora do bairro Nova Lima, a consumidora comprou um celular Samsung A50 por R$ 1.375 no site do Carrefour no dia 23 de novembro. Segundo o site Midiamax, o pedido foi entregue nesta segunda (2), mas ao invés do celular, a caixa trazia luvas sujas e sachês de ketchup e maionese.

“Foi totalmente decepcionante. Quando chegou, notamos que estava leve. Como os aparelhos da Samsung são leves e estava lacrado por fora, eu fiquei tranquila. Quando abri a caixa, vi que a caixinha do celular estava violada e quando tiramos, tinha luvas sujas e sachês”, relata a cliente, que preferiu não ser identificada na matéria.

Ela conta que o pedido foi entregue por uma transportadora e que a caixa não tinha nenhum sinal de violação. Depois do susto, ela entrou em contato com a empresa e deve aguardar cinco dias para resposta.

A cliente conta que sempre compra online e escolhe sempre sites mais conhecidos, para ter mais segurança. “Sempre busco comprar em lojas renomadas, para não ter problema. Vou continuar comprando pela internet, mas fiquei com receio de comprar no Carrefour”.

O Carrefour, por meio de sua assessoria, se manifestou e afirmou que enviará um novo celular para o cliente e acompanhará o caso.

Confira a nota na íntegra:

“O Carrefour lamenta o caso ocorrido. A empresa entrou em contato com a cliente, assim que soube do ocorrido, a fim de oferecer todo o suporte necessário. Um novo aparelho celular será enviado, com urgência, e a rede acompanhará todo o processo até a entrega do produto. A companhia reafirma seu compromisso em oferecer a melhor experiência de compras, respeitando a legislação e o Código de Defesa do Consumidor.

Deixe seu Comentário

Leia Também

STF
Leis estaduais sobre taxa de religação de energia elétrica são inconstitucionais
PANTANAL
Força-tarefa combate incêndio na RPPN Eliezer Batista, um dos maiores na Serra do Amolar
PANDEMIA
Hospital de Campanha do Ibirapuera dá alta ao último paciente
ABAV COLLAB
Turismo sul-mato-grossense realiza promoção dos destinos, capacitações e tutorial de gastronomia
FUTEBOL
Série B: Figueirense e Guarani empatam em 2 a 2, em Florianópolis
STJ
Em promissória com duas datas de vencimento, prevalece a que melhor reflete a vontade do emitente
FUTEBOL
Time principal do Fluminense tem cinco jogadores com covid-19
STF
2ª Turma autoriza extradição de proprietário da Telexfree
ESTADO
Justiça do Trabalho pede prioridade a ações que envolvam profissionais da saúde que atuam na pandemia
BRASIL
Profissionais podem se increver até 6 de outubro no CNJ Inova

Mais Lidas

POLÍCIA
Caminhoneiro de Dourados morre ao capotar na serra de Maracaju
ATO DE FÉ
Após vigílias em frente a hospital, família celebra 'milagre' por homem que caiu do telhado
PONTA PORÃ
Polícia apreende comboio com contrabando avaliado em R$ 1 milhão
CAMPO GRANDE
Gêmeos são executados dentro de quitinete