Menu
Busca quinta, 26 de novembro de 2020
(67) 99659-5905
AGRONEGÓCIO

Maiores produtores de soja do Estado ainda não concluíram plantio

20 novembro 2019 - 10h49Por André Bento

O mais recente levantamento do SIGA-MS (Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio) mostra que os principais produtores de soja de Mato Grosso do Sul ainda não concluíram o plantio da safra 2019/2020. Em todo o Estado, até o dia 15 de novembro haviam sido cultivados 73,4% dos 3,163 milhões de hectares estimados.

Maior produtor estadual dessa commoditie, conforme a Pesquisa Agrícola Municipal divulgada em setembro pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), Maracaju, que colheu 1.083.060 toneladas na safra anterior, semeou neste ciclo, até agora, pouco menos de 90% da área destinada a essa cultura.

Segundo município sul-mato-grossense que mais produziu soja em 2018, também segundo o IBGE, com 787.200 toneladas, Sidrolândia está prestes a alcançar 90% de plantio.

Ponta Porã, produtor de 774.000 toneladas na safra passada e que figura na terceira colocação do ranking estadual elaborado a partir da Pesquisa Agrícola Municipal, ainda não semeou 80% do estimado para a atual.

Consolidado quarto maior produtor sul-mato-grossense de soja, Dourados, que elevou de 575.700 toneladas para 612.000 toneladas o volume colhido entre 2017 e 2018, agora tem pouco mais de 50% da área plantada.

De acordo com o Boletim Casa Rural da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul), a região centro está com o plantio mais avançado, em média 77,2%, enquanto a região norte está com 72,5% e a região sul com 72,4% de média.

“A área plantada até o momento, conforme estimativa do Projeto SIGA, é de aproximadamente 2,322 milhões de hectares”, detalha, acrescentando que “a porcentagem de área plantada na safra 2019/2020, encontra-se inferior em aproximadamente 24,67%, em relação à safra 2018/2019, para a data de 15 de novembro”.

Embora resolução da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (IAGRO) tenha estabelecido que neste ano o plantio da soja deveria ocorrer entre 16 de setembro e 31 de dezembro, produtores sul-mato-grossenses atrasaram o início do cultivo por causa da falta de chuvas.

O setor rural do Estado estima que sejam cultivados 3,163 milhões de hectares, com produção aproximada de 9,906 milhões de toneladas e produtividade média de 52,19 sacas por hectare.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FRONTEIRA
Após tentar matar o irmão, idoso abandona arma, munições e desaparece
TEMPO
Quinta-feira de sol com aumento de nebulosidade em Dourados
SÃO GABRIEL
Jovem é presa ao pedir carona para transportar mochila com cocaína
CÓDIGO PENAL
Senado Federal aprova pena maior para crimes de racismo e homofobia
OPERAÇÃO SPARTACUS
Exército prende 2 pessoas, apreende 57 armas e 25 mil munições
POLÍTICA
Bolsonaro edita MP que isenta conta de luz para moradores do Amapá
NOVA ANDRADINA
Polícia Civil destrói 822 quilos de drogas no Vale do Ivinhema
REGIÃO
Startup-se Bioeconomia reúne jovens para identificar oportunidades
CAPITAL
Dependendo de moto para trabalhar, família tem veículo furtado
JUDICIÁRIO
STF adia decisão sobre remarcação de concursos por crença religiosa

Mais Lidas

VIOLÊNCIA
Mulher esfaqueia ex após discussão em hotel no Centro de Dourados
DOURADOS 
Foragido, autor de homicídio condenado a 16 anos é preso no Novo Horizonte
CRIME BÁRBARO
Suspeita de esquartejar e colocar corpo de namorado em malas se entrega à polícia
IMPROBIDADE
Caso de vereador que perdeu mandato em Dourados tem desfecho no STJ