Menu
Busca quarta, 28 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
APÓS PARALISAÇÃO

JBS anuncia retomada dos abates e manutenção de investimentos no MS

21 outubro 2017 - 08h00Por Da Redação

O grupo JBS retoma os abates nos sete frigoríficos instalados em Mato Grosso do Sul a partir da próxima terça-feira (24.10) e vai manter os investimentos em andamento. A garantia foi dada pelo presidente da Divisão de Carnes Brasil da empresa, Renato Costa, durante reunião na Governadoria convocada pelo governador Reinaldo Azambuja e que foi realizada no final da tarde desta sexta-feira (20).

A empresa abate em média 6 mil bovinos por dia no Estado e havia anunciado a paralisação das atividades após a Justiça bloquear R$ 730 milhões em pedidos de duas ações públicas, uma da CPI que apura irregularidades fiscais da empresa no MS e outra protocolada por dois advogados.

Na reunião ficou acertado que na segunda-feira as assessorias jurídicas da JBS, da Assembleia Legislativa e do Governo do Estado apresentarão ao juiz que determinou o bloqueio das contas da JBS, a minuta de um acordo em que a empresa se compromete a oferecer bens em garantia para ressarcir o Estado pela dívida acumulada, para que possa ter as contas desbloqueadas.

O grupo assumiu o compromisso também de manter as atividades normais e o emprego dos cerca de 15 mil funcionários que atuam em Mato Grosso do Sul.

O governador Reinaldo Azambuja destacou, durante a reunião, que as conversas mantidas com a JBS foram de Governo do Estado com a empresa, independentemente das questões relacionadas a holding J&F, uma das donas da JBS. “A nossa preocupação foi em garantir as atividades da empresa e principalmente manter o emprego dos trabalhadores, para que a gente pudesse dar tranquilidade a essas pessoas que estavam vivendo o medo de perderem o emprego”, comentou.

Reinaldo Azambuja destacou que a decisão anunciada por Renato Costa não se restringe ao setor frigorífico. “A JBS anunciou a manutenção de todas as atividades em Mato Grosso do Sul, a continuidade dos abates, do trabalho da Seara, da Eldorado”, disse o governador.

Durante a reunião, o presidente da Divisão de Carnes Brasil da JBS disse que entre os investimentos que serão mantidos, está a ampliação da planta da empresa na saída para Sidrolândia, onda está sendo construído um prédio que abrigará o setor onde serão fabricados produtos fármacos, tendo como matéria-prima subprodutos bovinos, como sangue.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

COXIM
Usuário de cocaína dispara contra residência e acaba preso em flagrante
INTERNACIONAL
Alemanha adotará lockdown de um mês em reação à disparada de Covid-19
MATO GROSSO DO SUL
Boletim inclui 179 novas notificações por dengue em uma semana
ARTIGO
A difícil jornada matrimonial!
ECONOMIA
Sancionada lei de incentivos fiscais para montadoras de veículos
PANDEMIA
Dourados registra 85 casos de Covid e mantém alta em média de confirmações
CIDADE MAIS SEGURA
Com apoio de helicóptero, PM inicia operação e mira regiões críticas de Dourados
TRÁFICO
Polícia Civil incinera mais de meia tonelada de drogas em Nova Andradina
ANTÔNIO JOÃO
Mulher é multada por criar porco do mato no quintal de residência
MATO GROSSO DO SUL
Fundação de Cultura prorroga inscrições de três editais até segunda-feira

Mais Lidas

DOURADOS
Enquanto filma chuva, interno mostra ‘plantação’ de maconha em cela da PED
GRANDE DOURADOS
Cobertura de barracão de cerealista ‘voa’ com o vento; veja vídeo
BR-463
Homem para carro em bloqueio, desce atirando e morre em confronto com a polícia
DOURADOS
Délia decreta emergência por causa de danos provocados pela tempestade