Menu
Busca sábado, 12 de junho de 2021
(67) 99257-3397
ECONOMIA

Ipea: inflação desacelera para todas as faixas de renda em abril

14 maio 2021 - 13h11Por Agência Brasil

A inflação de abril desacelerou em relação a março para todas as faixas de renda pesquisadas pelo Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (Ipea), que divulgou hoje (14) uma análise do Indicador Ipea de Inflação por Faixa de Renda.

Apesar disso, a pesquisa mostra que a redução no ritmo de aumento de preços foi mais forte entre as famílias de maior renda, que também acumulam menor inflação em um período de 12 meses, de acordo com o Ipea.

Com esse movimento, o aumento mensal de preços em abril foi mais intenso entre as famílias de renda muito baixa (menor que R$ 1.650,50), para quem a inflação passou de 0,71% em março para 0,45% em abril. Em 12 meses, essas famílias acumulam inflação de 7,71%, enquanto a inflação geral foi de 6,76%, segundo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), medido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Para as famílias de renda baixa (de R$ 1.650,50 a R$ 2.471,09), a inflação de abril foi de 0,42%, enquanto a de março registrou índice de 0,85%. Essas famílias acumulam uma inflação de 7,5% em 12 meses, também acima da inflação média da economia brasileira.

Na outra ponta da tabela, as famílias de renda alta (mais de R$ 16.509,66) acumulam uma inflação anualizada de 5,21%, abaixo do índice geral. Para essas famílias, a inflação mensal caiu de 1% em março para 0,23% em abril.

O Ipea explica que, em abril, o grupo saúde e cuidados pessoais constituiu o principal fator de pressão sobre os preços, com a alta de produtos farmacêuticos.

Para as famílias de renda mais baixa, esse quadro se soma ao peso do aumento das carnes, aves, ovos, leites e derivados. Mesmo assim, contribuíram para a desaceleração da inflação entre os mais pobres as quedas de tarifas de energia elétrica, ônibus intermunicipais e botijão de gás.

Para as famílias mais ricas, o peso do encarecimento de alimentos e medicamentos é menor, o que se soma à deflação (redução de preços) de combustíveis e transportes por aplicativo.

Classe média

As famílias de renda média alta (R$ 8.254,83 e R$ 16.509,66) foram as que tiveram maior desaceleração da inflação entre todos os grupos de renda, já que o índice de março foi de 1,08%, e o de abril, de 0,20%. No caso dessas famílias, a variação de preços em 12 meses está em 5,85%, baixo da inflação geral.

Para o grupo de renda média (R$ 4.127,41 e R$ 8.254,83), a inflação de abril foi de 0,26%, enquanto a de março era de 1,09%. Em 12 meses, a inflação que incide sobre a cesta de compras dessas famílias acumula 6,61%, também abaixo do índice geral de 6,76%.

Assim como os grupos de renda baixa (R$ 2.471,09 e R$ 4.127,41), os de renda média-baixa experimentam uma inflação acumulada maior que os demais grupos de renda média. A inflação para essas famílias passou de 1,02% em março para 0,33% em abril e acumula 7,3% em 12 meses, acima do IPCA.

Inflação de 2021

Quando são analisadas somente as taxas mensais de 2021, a situação se inverte e os grupos de menor renda passam a acumular as menores variações de preço. Enquanto a renda muito baixa tem inflação de 2,06% desde janeiro, sobre a renda alta incide uma variação acumulada de 2,52%.

Segundo o Ipea, essa diferença repercute, basicamente, a desaceleração dos alimentos e a forte alta dos combustíveis ocorrida no primeiro trimestre de 2021.

A inflação acumulada em 2021 é mais intensa sobre a renda média, com uma taxa acumulada de 2,62% entre janeiro e abril.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Historiadora traça paralelo entre a gripe espanhola e a pandemia de Covid-19 em evento do STF
BRASIL
Historiadora traça paralelo entre a gripe espanhola e a pandemia de Covid-19 em evento do STF
Covid-19: projeto oferece apoio psicológico online para superar o luto
BRASIL
Covid-19: projeto oferece apoio psicológico online para superar o luto
Olimpíada: Fernando Reis e Jaqueline Ferreira se classificam
ESPORTE
Olimpíada: Fernando Reis e Jaqueline Ferreira se classificam
Prova de vida pode ser feita sem sair de casa
BRASIL
Prova de vida pode ser feita sem sair de casa
Defron desarticula entreposto de cocaína no Campo Dourado
DOURADOS
Defron desarticula entreposto de cocaína no Campo Dourado
MS
Cargas de 164 m³ de carvão ilegal motivam multa de R$ 49,2 mil em empresa carvoeira
CONSCIENTIZAÇÃO
Cardiopatia congênita: diagnóstico precoce é essencial para tratamento
CAPITAL
Condutor de BMW que causou acidente vai a júri por vitimar motociclista
BRASIL
STF julga inconstitucional regra que veda créditos de PIS/Cofins na aquisição de recicláveis
MS
TRT define regime de teletrabalho a partir de segunda-feira

Mais Lidas

PANDEMIA
UTI's lotadas agravam classificações de risco do Prosseguir e Dourados retorna à bandeira cinza
DOURADENSE EM RONDÔNIA
Levada pela Covid-19 longe de casa, Nice é enterrada na presença da família
48 HORAS
Medidas restritivas ao comércio em MS passam a valer a partir de domingo
DOURADOS
Após três meses, prefeitura anuncia novo secretário de saúde