Menu
Busca segunda, 20 de setembro de 2021
(67) 99257-3397
ECONOMIA

Importação de produtos siderúrgicos cresce 18% no primeiro semestre

17 julho 2014 - 18h25

Dados divulgados hoje (17), no Rio de Janeiro, pelo Instituto Aço Brasil (IABr), mostram que as importações brasileiras de produtos siderúrgicos, no primeiro semestre deste ano, totalizaram 2 milhões de toneladas, sendo 1,201 milhão de toneladas de produtos planos e 782 mil toneladas de produtos longos.

O volume é 18% superior às compras externas de produtos siderúrgicos em igual período de 2013. O instituto informou também que o consumo aparente nacional de produtos siderúrgicos no período foi 12,7 milhões de toneladas, com queda de 2,3% na comparação com os primeiros seis meses do ano passado.

Os demais dados referentes à siderurgia do Brasil, no acumulado janeiro-junho, serão divulgados posteriormente, de acordo com a assessoria de imprensa do IABr.

A direção da entidade considera o cenário atual difícil para o setor do aço. Por isso, temas como os desafios da indústria siderúrgica, o excesso de capacidade e as possíveis soluções serão discutidos no 25º Congresso Brasileiro do Aço, programado para os dias 12 e 13 de agosto, em São Paulo.

O presidente da Associação Brasileira das Empresas Importadoras e Fabricantes de Aço (Abrifa), Augusto Schiewe, disse à Agência Brasil que a importação de aço longo não chega a 5% do mercado brasileiro. “O volume de importação [de aço longo] tem que crescer muito ainda para poder fazer o produto nacional se tornar competitivo com o produto externo”. Segundo Schiewe, o número está disponível no site da Receita Federal.

“Ou seja, é um mercado muito grande para ser explorado. Por mais que a importação cresça 18%, o percentual que o aço importado representa no mercado é muito baixo. Há espaço para crescer bastante. Acredito que [a participação do] aço longo importado poderia ser entre 20% e 30%”, manifestou.

O presidente da Abrifa indicou que o grande consumidor do aço plano é a indústria automobilística. Ele defendeu que haja distinção entre os tipos de aço para que as estatísticas não sejam misturadas. Augusto Schiewe avaliou que os números têm que ser identificados isoladamente, para facilitar, inclusive, a formação de opinião dos leitores.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dupla é presa em flagrante com drogas e dinheiro
REGIÃO
Dupla é presa em flagrante com drogas e dinheiro
Homem perseguia comerciante há meses e foi preso em Brasilândia
CRIME
Homem perseguia comerciante há meses e foi preso em Brasilândia
Com previsão de 43°C, Dourados tem alerta de onda de calor e de baixa umidade
TEMPO
Com previsão de 43°C, Dourados tem alerta de onda de calor e de baixa umidade
CASSILÂNDIA
Após sair da prisão, homem mantém ex-mulher em cárcere por seis dias
Decreto regulamenta reconhecimento de dívidas da União junto à Caixa
BRASIL
Decreto regulamenta reconhecimento de dívidas da União junto à Caixa
REGIÃO
Mulher apanha, é forçada a ir em festa e homem vai preso
HOMENAGEM
Sessão solene da Câmara de Dourados celebra o Dia do Povo Gaúcho no CTG
CRIME DE ABANDONO
Cinco cães são resgatados em situação de maus-tratos na capital
ETAPA CORUMBÁ
Jardim e Nioaque são campeões da Região Oeste da Liga MS de Voleibol
ECONOMIA
Começam a valer hoje novas alíquotas do IOF

Mais Lidas

'AMIGÃO'
Bêbado bate carro e deixa amigo ferido em canteiro
EVENTO CLANDESTINO
PM encerra festa com pelo menos 2 mil pessoas em Dourados
POLO INDUSTRIAL
Expansão industrial impulsiona investimentos logísticos em Dourados
LOTERIA
Douradense fatura R$ 31 mil ao acertar na quina