Menu
Busca segunda, 06 de julho de 2020
(67) 99659-5905
ECONOMIA

IBGE mostra Dourados atrás de Três Lagoas em ranking do PIB em MS

13 dezembro 2019 - 11h52Por André Bento

Levantamento feito pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) com base em dados de 2017 mostra que Dourados segue atrás de Três Lagoas no ranking que avalia o PIB (Produto Interno Bruto) dos municípios. Enquanto a economia local totalizou R$ 8,3 bilhões em riquezas, sobretudo graças aos setores de serviços e de administração, defesa, educação e saúde públicas e seguridade social, no município da região do bolsão a cifra atingiu R$ 10,1 bilhões, especialmente por causa da agropecuária e da indústria.

Líder estadual, Campo Grande ocupa o 30º lugar em âmbito nacional, com um PIB a preços correntes de cerca de R$ 27 bilhões, o que representa uma participação de 0,41% no montante nacional.

Completam a lista dos seis municípios sul-mato-grossenses mais ricos Corumbá, com PIB de R$ 2,86 bilhões, Ponta Porã, de R$ 2,64 bilhões, e Maracaju, de R$ 2,38 bilhões. Segundo o IBGE, “entre os 30 municípios do Centro-Oeste com menores PIBs, nenhum é de Mato Grosso do Sul”.

A lista dos municípios mais ricos do Brasil é liderada por São Paulo, com PIB de R$ 699 bilhões, seguido pelo Rio de Janeiro, de R$ 337 bilhões, por Brasília, no Distrito Federal, de R$ 244 bilhões, Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, de R$ 88,9 bilhões, e Curitiba, no Paraná, de R$ 84,7 bilhões.

Na região Centro-Oeste, também segundo o IBGE, 96 municípios têm suas economias ancoradas na produção de soja em grão, algodão herbáceo e arroz em grão.

Três Lagoas, cuja maior atividade agropecuária é o cultivo de cana-de-açúcar, figura entre os cinco maiores valores adicionados ao PIB por esse ramo econômico, de R$ 1,2 bilhão. Já Dourados, na região sul-mato-grossense onde a soja é protagonista, adicionou R$ 484,8 milhões.

O IBGE detalha ainda que dois municípios de Mato Grosso do Sul estão no ranking dos 100 brasileiros com maiores valores adicionados bruto da Indústria. Nesse aspecto, Três Lagoas totalizou R$ 5,1 bilhões e supera até Campo Grande, com R$ 3,7 bilhões.

Quanto à atividade econômica de prestação de serviços, Campo Grande retoma a liderança estadual, com R$ 14 bilhões agregados ao PIB. Dourados teve R$ 4,3 milhões e Três Lagoas R$ 2,2 milhões.

Em administração, defesa, educação e saúde públicas e seguridade social, mais uma vez a capital é líder, com R$ 5,2 bilhões agregados à economia, enquanto Dourados obteve R$ 1,3 bilhão e Três Lagoas R$ 750 milhões.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Carro que atingiu ciclista pega fogo após bater em árvore ao lado de Avenida
TRAGÉDIA
Ciclista morre após ser atropelado por carro na Avenida Marcelino Pires
INFORMAÇÃO
Especialista recomenda prazo de adaptação à Lei de Proteção de Dados
PANDEMIA
Rio de Janeiro registra 10.667 mortes por coronavírus
CAMPO GRANDE
Moradores da Capital realizam ação solidária e arregacam 1t de alimentos
ESPORTES
Flamengo vence com tranquilidade e se aproxima do título estadual
DOURADOS
Acusado de matar secretário em Dourados acaba preso em barreira sanitária
LUTO
Martha Rocha, 1ª Miss Brasil, morre em Niterói, no Rio de Janeiro
PANDEMIA
Brasil chega a 1,6 milhão de casos confirmados de coronavírus
ECONOMIA
Pesquisa mostra potencial para a expansão do home office

Mais Lidas

POLÍCIA
Assassinado no Izidro é secretário de Agricultura Familiar de Dourados
DOURADOS
Ex-funcionário é o suspeito de matar secretário de Agricultura
DOURADOS
Antes do crime, homem que matou secretário havia sido demitido por não usar máscara
DOURADOS
“Um amigo, um conselheiro”, diz Délia após assassinato de secretário