Menu
Busca segunda, 17 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Horário de Verão proporcioou economia de 4,4%

19 fevereiro 2011 - 09h04

O horário de Verão, que termina à 0h de amanhã (20), resultou em uma redução de 4,4% na demanda de energia do horário de pico, nas regiões onde o sistema foi adotado. No ano passado, a redução foi de 4,7% nas regiões Sudeste e Centro-Oeste e de 4,8%, na Região Sul.

Segundo dados preliminares do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), a economia da geração térmica evitada com a adoção do horário de verão foi estimada em R$ 30 milhões, o que traz como consequência a redução da tarifa de energia elétrica para o consumidor.

A redução total da demanda de energia no horário de pico foi de 2.376 megawatts, sendo 1.821 megawatts no Subsistema Sudeste/Centro-Oeste e 555 megawatts no Subsistema Sul. No caso do Subsistema Sudeste/Centro-Oeste, a redução equivale a aproximadamente 60% da carga no horário de ponta da cidade do Rio de Janeiro ou a duas vezes a carga no horário de ponta de Brasília. No Sul, representa 60% da carga no horário de ponta de Curitiba.

A redução total de energia foi de 0,5%, o que equivale a cerca de 8% do consumo mensal da cidade do Rio de Janeiro e 10% do consumo mensal de Curitiba.

O diretor-geral do ONS, Hermes Chipp, avalia que as principais consequências da redução de demanda são o aumento da segurança e a diminuição dos custos de operação do Sistema Interligado Nacional.

A partir da 0h de amanhã, os moradores das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste deverão atrasar os relógios em uma hora. O horário de verão, que, neste ano, começou no dia 17 de outubro, é adotado sempre nesta época do ano por causa do aumento na demanda por energia, resultante do calor e do crescimento da produção industrial por causa do Natal.

Neste período, os dias têm maior duração por causa da posição da Terra em relação ao Sol, e a luminosidade natural pode ser melhor aproveitada.


Deixe seu Comentário

Leia Também

Homem é multado em R$ 15 mil por incêndio e desmatamento de área de Mata Atlântica
DOURADINA
Homem é multado em R$ 15 mil por incêndio e desmatamento de área de Mata Atlântica
Emenda de Barbosinha aperfeiçoa funcionalidade do Cartório Virtual em MS
LEGISLATIVO
Emenda de Barbosinha aperfeiçoa funcionalidade do Cartório Virtual em MS
Itaipu Binacional garante licitação da ponte internacional em julho
ROTA BIOCEÂNICA
Itaipu Binacional garante licitação da ponte internacional em julho
PM apreende 250 kg de maconha abandonada em rodovia
TRÁFICO DE DROGAS
PM apreende 250 kg de maconha abandonada em rodovia
Covid-19: governo espera antecipar entrega de vacinas já contratadas
PANDEMIA
Covid-19: governo espera antecipar entrega de vacinas já contratadas
TRÊS LAGOAS
Adolescente é apreendido por tráfico de drogas
DOURADOS
Comércio é furtado no centro de Dourados
INTERNACIONAL
OMS: longas horas de trabalho aumentam risco de morte
UEMS
Licenciatura em Física promove evento de acolhimento de acadêmicos
BRASIL
Saúde distribuirá mais 6,4 milhões de doses de vacinas contra covid-19

Mais Lidas

CAMPO GRANDE
Após discussão, jovem bate veículo em poste e namorada que estava no capô morre
POLÍCIA
'Apaixonado', rapaz furta objetos na PED para ser preso e reencontrar marido
FEMINICÍDIO
Mulher baleada na cabeça pelo ex-marido morre no hospital
REGIÃO
Mulher mata o marido a facadas após discussão em MS