Menu
Busca domingo, 29 de março de 2020
(67) 9860-3221

Horário de Verão atinge meta de economia de energia em MS

16 fevereiro 2013 - 08h42

A quantidade de energia poupada equivale a 60% de um dia inteiro de consumo de toda área de concessão da Enersul que envolve, agora, 74 dos 79 municípios de Mato Grosso do Sul. Mas quando se compara, 9 GWh ao abastecimento de muitas cidades, esse montante passa a ser expressivo e ter representatividade dentro do esforço que País decidiu fazer, para economizar energia durante o chamado “horário de verão”.

O montante de 9 GWh é suficiente para atender, por exemplo, um município do tamanho de Ponta Porã, com uma população de 78 mil habitantes, durante um mês. Tudo isso só foi possível porque o Estado foi incluído nas regiões em que todos os setores, tais como indústria e comércio, adiantaram os horários de atividade para aproveitar melhor a luz natural.

Neste período, relativo ao horário de verão, os dias são mais longos do que as noites por causa da posição da terra em relação ao sol e a luminosidade natural pode ser mais bem utilizada. Isso proporciona uma redução na demanda máxima do sistema elétrico em função do deslocamento do pico de carga para além do habitual.

O principal benefício da redução da demanda é a otimização do sistema elétrico - decorrente do menor carregamento nas linhas de transmissão, subestações, sistemas de distribuição de energia - e a redução de geração térmica. A diminuição da demanda de ponta permite ainda poupar a água dos reservatórios das hidrelétricas, que deverão estar bem abastecidos para quando iniciar o período de seca.

O ajuste nos ponteiros dos relógios, adiantando em uma hora, por exemplo, evita com que o acionamento da iluminação pública, nesse período, venha coincidir com o horário de ponta. Além disso, percebem-se modificações nos hábitos da população, que pode aproveitar melhor a luz natural. Empenhada em contribuir para que o País atinja a meta do horário de verão, a Enersul também estimula o consumidor a repensar suas atitudes e hábitos relacionados ao consumo de energia elétrica, o que amplia as possibilidades de, cada um, economizar energia nesse período.

Para isso, é fundamental combinar a influência do horário de verão com outros fatores. Entre eles, destacam-se os hábitos racionais e o uso de equipamentos eficientes, que possuem o selo Procel. Além disso, para quem vai construir ou reformar, é fundamental buscar o desenvolvimento de projetos inteligentes, que permitam o melhor aproveitamento possível da luz e ventilação naturais, por exemplo.

Na região Sudeste/Centro Oeste a expectativa de redução de demanda no horário de ponta, que ocorre entre 17h e 22h, foi da ordem de 4,5%, o que para o Sistema da Enersul equivale à demanda no horário de ponta da cidade de Corumbá. Esta edição do horário de verão teve início à zero hora do dia 21 de outubro de 2012 e se estende até a zero hora do dia 17, próximo domingo, somando um período com 14 dias a menos que no ano passado, quando o horário de verão teve foi de 133 dias. Mesmo com essa diferença de calendário tudo acorreu como o previsto: a economia foi
9 GWh.

###HISTÓRICO DO HORÁRIO DE VERÃO.
Segundo alguns estudos, este horário especial foi criado em 1784, nos Estados Unidos, por Benjamim Franklin. Naquela época, Franklin percebeu que, durante alguns meses do ano, o sol nascia antes mesmo das pessoas se levantarem. Então, se os relógios fossem adiantados em uma hora naquele período, poderiam aproveitar melhor a luz do dia ao entardecer, economizando grande número de velas, já que, naquele tempo, ainda não existia luz elétrica. Apesar dos esforços de seu idealizador, foi somente durante a Primeira Guerra Mundial, de 1916, que esta idéia recebeu aceitação. A Alemanha, em vista da necessidade de economizar energia por causa da Guerra, resolveu adotar o procedimento do horário de verão.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CLIMA
Dourados registra quarta chuva de mês e se aproxima da média de março
LIVE
Lacen esclarece dúvidas sobre os exames de diagnóstico do Covid-19
DOURADOS
Prefeitura pretende manter estratégias após primeiras confirmações de coronavírus
SAÚDE
Ministério alerta para risco do uso de cloroquina sem indicação médica
AMAMBAI
Motociclista morre após colisão contra Hilux na região de fronteira
DOIS ANOS
TJ/MS prorroga a validade do VIII Concurso Público de Servidores
PREVENÇÃO
Paraguai estende isolamento total contra o coronavírus até 12 de abril
CORONAVÍRUS
'Se sair andando todos de uma vez, vai faltar para rico e pobre', diz Mandetta
BATAGUASSU
Homem é preso após tentar atropelar e ameaçar manter família em cárcere
ARTIGO
COVID-19: Reflexões a respeito do primeiro caso registrado em Dourados

Mais Lidas

COVID-19
Saúde confirma coronavírus para mulher internada em Dourados e casos chegam a 28 em MS
COVID-19
Dourados confirma primeiro caso do novo coronavírus
COVID-19
Mulher de 52 anos é o 2º caso de coronavírus em Dourados, total no Estado é de 31
DOURADOS
Sindicato emite nota e diz que empregados foram obrigados a participar de ato