Menu
Busca segunda, 19 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
CRONOGRAMA

Governo divulga dia 8 calendário de saque do PIS/Pasep para idosos

04 janeiro 2018 - 14h50Por G 1
O Ministério do Planejamento informou que haverá um cronograma de saques do Fundo PIS/Pasep para beneficiários com idade a partir de 60 anos. O calendário que trará as datas de pagamento será divulgado na próxima segunda-feira, dia 08 de janeiro.
 
No próximo sábado (6), entra em vigor a medida provisória 813/2017, que reduziu para 60 anos a idade mínima para saque do fundo PIS/Pasep.
 
Em agosto, o presidente Michel Temer assinou a MP 797/2017 prevendo a liberação de saque para homens a partir de 65 anos e mulheres a partir de 62 anos. O texto perdeu a validade no dia 21 de dezembro, sem ter sido votado pelo Congresso Nacional. Por isso, entrará em vigor a nova MP que traz a idade mínima de 60 anos, tanto para homens quanto para mulheres.
 
Durante a validade da MP anterior, o pagamento dos recursos seguiu um calendário estipulado pelo governo, que teve três lotes, começando por quem tem a partir de 70 anos, depois para aposentados e então para homens com idade a partir de 65 e mulheres a partir de 62 anos.
 
Mesmo com a perda da eficácia da MP 797, continua liberado o saque para aposentados, idosos com mais de 70 anos e herdeiros de cotistas falecidos e pode ser feito a qualquer momento – não é necessário esperar o calendário.
 
A Caixa Econômica Federal é responsável pelo pagamento dos recursos do PIS. Já as contas do Pasep, vinculadas aos servidores públicos civis ou militares, são administradas pelo Banco do Brasil.
 
Tem direito aos recursos do abono o trabalhador do setor público ou privado que tenha contribuído para o PIS ou Pasep até 4 de outubro de 1988 e que não tenha feito o resgate total do saldo do fundo.
 
Até o dia 1º de janeiro, foram pagos R$ 2,22 bilhões a cerca de 1,7 milhão de cotistas do Fundo PIS-Pasep. Já a Medida Provisória 813/17 amplia o número de beneficiários em 4,5 milhões, que receberão R$ 7,8 bilhões.
 
Dessa forma, 12,5 milhões de trabalhadores podem ser beneficiados pela medida, injetando cerca de R$ 23,6 bilhões na economia. Descontando o público que já sacou seus recursos em 2017, a partir de janeiro de 2018, ficarão disponíveis R$ 21,4 bilhões a 10,9 milhões de pessoas.
 
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍTICA
Brasil e EUA concluem acordos para facilitação de investimentos
OPORTUNIDADE
Semana começa com 170 vagas de empregos em Dourados
FUTEBOL
Dois jogos fecham a 17ª rodada do Brasileirão nesta segunda
ABUSO SEXUAL
Mãe de criança de 12 anos flagra marido estuprando a menina
AMAMBAI
Veículo com registro de roubo/furto em SP é recuperado e homem preso por receptação
PANDEMIA
Apesar de curva de descenso, MS soma mais de 300 internados por coronavírus
DOURADOS
Aced traz Aly Baddauhy Jr para Roda Empresarial de Outubro
MATO GROSSO DO SUL
Apesar da chuva, falta de água continua e governo decreta situação de emergência
DOURADOS
Audiência na quarta-feira define rumo de julgamento sobre assassinato no shopping
DOURADOS
Orçamento para Saúde e Educação em 2021 supera meio bilhão de reais

Mais Lidas

IDENTIFICADO
Vítima encontrada sem vida em bairro de Dourados tinha 17 anos
ACIDENTE
Criança de 3 anos se afoga em piscina de clube e socorristas tentam reanimação
DOURADOS
Homem é encontrado morto em frente residência no Parque das Nações I
CAMPO GRANDE
Mulher fica ferida após panela de pressão explodir em loja