Menu
Busca domingo, 26 de setembro de 2021
(67) 99257-3397
ECONOMIA

Governo dá incentivos para emissão de títulos de pequenas e médias empresas

10 julho 2014 - 13h55

A Medida Provisória (MP) 651 publicada hoje(10) no Diário Oficial da União além de ajustes no Refis e na desoneração da folha de pagamento das empresas dá incentivos para a emissão de títulos de pequenas e médias empresas. A MP isenta de imposto de renda o ganho de capital de ações emitidas dentro do programa de incentivo à captação de recursos dessas empresas, informou o secretário da Receita Federal, Carlos Alberto Barreto.

Para fazer jus ao benefício, as empresas enquadradas nesta situação devem ter valor de mercado no momento do lançamento dos papéis não superior a R$ 700 milhões. Também não devem ter receita bruta do exercício anterior ao lançamento de até R$ 500 milhões, além das emissões serem primárias. Ou seja, a empresa não pode ter feito anteriormente operações no mercado para captação de recursos.

A MP propõe ainda que os rendimentos dos fundos de Investimento em renda fixa com cotas negociadas em bolsa de valores e mercados, por exemplo, sejam tributados a partir de alíquotas do Imposto de Renda decrescentes em função do prazo médio de repactuação das carteiras dos fundos da seguinte forma: 25% para 180 dias, 20% de 181 dias a 720 dias e 15% acima desse prazo. Segundo o secretário executivo do Ministério da Fazenda, Dyogo Henrique, não haverá impacto do come-cotas, que é a cobrança antecipada de impostos para quem investe em fundos tradicionais.

Outra medida fixa limites para a inscrição na Dívida Ativa da União de devedores do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). No caso da inscrição, o devedor de R$ 1 mil, por exemplo, não será inscrito em dívida. Para ajuizamento, o valor mínimo foi R$ 20 mil. Os valores são baseados no que já faz hoje a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional.

O governo também resolveu dispensar da retenção na fonte do Imposto de Renda da Pessoa Jurídica, da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido e de PIS/Cofins quando do pagamento na aquisição de passagens aéreas pelo sistema de compras centralizadas. Antes, o imposto era recolhido antecipadamente e depois as empresas trocavam por crédito tributário. O objetivo é disponibilizar mais recursos para as companhias investirem, informou o secretário executivo do Ministério da Fazenda, Dyogo Henrique de Oliveira.

O governo simplificou ainda a tributação do PIS/Pasep e da Cofins incidente sobre operações de renda váriavel (ações) de moda a se adquar a novos padrões contáveis e facilitou a importações em situação de calamidade. Segundo o secretário da Receita Federal, Carlos Alberto Barreto, a medida procura facilitar o socorro às populações nestas situações e desburocratizar as operações.

A MP altera ainda as regras do Programa Nacional de Habitação Urbana e do Fundo Garantidor de Habitação Popular (FGHab) no âmbito do Programa Minha Casa, Minha Vida. Por meio da MP, o FGHab concederá garantia para até 2 milhões de financiamentos imobiliários contratados exclusivamente no âmbito do programa.

Por fim, aumento no valor de doação de cédulas ao governo do Haiti, que passa de R$ 4,2 milhões para R$ 9 milhões e permite meios alternativos para a Casa da Moeda comercializar moedas comemorativas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍCIA
Homem é preso ao pegar caminhonete de cliente e ser flagrado bêbado e dormindo ao volante
Médico e fundador do PT, campo-grandense Carlos Neder morre em SP
COVID-19
Médico e fundador do PT, campo-grandense Carlos Neder morre em SP
Força Tática prende homem com mandado de prisão e recupera veículo roubado
POLÍCIA
Força Tática prende homem com mandado de prisão e recupera veículo roubado
Indígena é preso com duas armas de fogo e cinco munições ilegais
POLÍCIA
Indígena é preso com duas armas de fogo e cinco munições ilegais
Uberlândia-MG derruba invencibilidade do Joinville-SC na Série D
ESPORTE
Uberlândia-MG derruba invencibilidade do Joinville-SC na Série D
AÇÃO PARLAMENTAR
Semana Estadual do Idoso tem programação online
POLÍTICA
CCJ debate na terça-feira proposta de mudanças na Lei de Improbidade Administrativa
SAÚDE
Ministério da Saúde recebe mais 2 milhões de doses da Pfizer
SEGURANÇA
Audiência debaterá atuação dos municípios na segurança pública
DOURADOS
Jovem tem bicicleta furtada dentro do estacionamento do trabalho

Mais Lidas

HISTÓRIA
'Famosos' em Dourados, Faísca e Fumaça dispensaram convite para programa em rede nacional
DOURADOS
Homem é encontrado morto em casa por funcionária na Vila São Brás
DOURADOS
Douradense é autuado em R$ 2,4 mil por criação ilegal de javalis
MS-156
Motorista fica preso dentro de veículo após capotamento em Dourados