Menu
Busca quinta, 16 de setembro de 2021
(67) 99257-3397
COMPENSAÇÃO

Estado terá que indenizar homem em R$ 50 mil por prisão ilegal

07 setembro 2014 - 18h12

A 2ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul decidiu que o Estado deve pagar R$ 50 mil de indenização por danos morais a homem preso injustamente.

O autor teve a prisão preventiva decretada há cinco anos. Em abril de 2009 foi preso e permaneceu em cárcere por quatro meses, quando sua liberdade provisória foi concedida.

Segundo a defesa do requerente, ele possui debilidade permanente em ambas as mãos, que o impede de segurar e manusear a arma do crime, um facão.

Ainda de acordo com o advogado de defesa, se o requerente tivesse sido submetido a exame de corpo de delito no momento da prisão, o cárcere injusto não teria ocorrido, já que sua limitação física podia ser constatada com facilidade. O juiz criminal acolheu a argumentação, o que acabou levando a anulação da sentença.

###Histórico -
Para isso, foi pedida uma indenização de R$ 163.500,00 por danos morais, alegando nulidade e ilegalidade da decisão que havia decretado a prisão preventiva. No entanto, em 1º grau, a decisão não foi favorável ao requerente, pois, para o juiz, nenhuma conduta tomada no caso foi arbitrária.

Os agentes "somente atuaram no seu dever de investigar os indícios de autoria inicialmente apresentados em desfavor do requerente”, diz a decisão. Além disso, segundo o juiz, só foi pedida a prisão do requerente porque ele não foi mais localizado depois de ter prestado depoimento.

Descontente com a sentença, o autor da ação apelou, sustentando que a produção de prova pericial tinha sido negada, além de que sua prisão tinha sido ilegal por causa da falta dos requisitos que autorizam a decretação da prisão preventiva.

O decreto de prisão preventiva foi, então, anulado por falta de fundamentação, caracterizando dano passível de indenização pelo Estado. Por isso, o pedido foi julgado procedente e o Estado de Mato Grosso do Sul foi condenado a pagar ao autor o valor de R$ 50 mil, além dos juros a contar da data da prisão e correção monetária.

Com informações do site Campo Grande News.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍTICA
Governo eleva alíquota do IOF para custear o novo Bolsa Família
Enquanto mãe trabalhava, avô estuprava menina de quatro anos
Inscrições para 8ª Mostra Audiovisual de Dourados seguem até dia 29
PRAZO
Inscrições para 8ª Mostra Audiovisual de Dourados seguem até dia 29
Homem é preso na Vila Popular acusado de tráfico e porte ilegal
DOURADOS
Homem é preso na Vila Popular acusado de tráfico e porte ilegal
JUSTIÇA
Quatro anos depois, homem é condenado pela morte do cunhado
ECONOMIA
Caixa reduz juros do crédito habitacional na modalidade poupança
SÃO PAULO
Fiscalização encontra 30 quilos de cocaína em tanque de combustíveis
BRASIL
Mesa da Câmara confirma cassação do deputado Boca Aberta
CRIME AMBIENTAL
Ambiental surpreende infratores pescando na Cachoeira do Apa 
PUBLICAÇÃO
Prazo para envio de trabalhos da Revista da PGE termina amanhã

Mais Lidas

DOURADOS
Após denúncias, casal é preso por tráfico no Jardim Guaicurus
TRAGÉDIA EM SP
Sócio de usina em MS e mais 6 pessoas morrem em acidente com aeronave
DOURADOS
Embriagado, dono de bar agride e ameaça funcionária
DOURADOS
Para desafogar 'avenida da morte', obra em trevo da BR-163 começa no próximo mês