Menu
Busca segunda, 06 de julho de 2020
(67) 99659-5905
Agronegócio

Epicentro de crise mundial, Irã injetou US$ 140 milhões na economia de MS

07 janeiro 2020 - 11h23Por André Bento

No epicentro de uma crise mundial e declaradamente inimigo dos Estados Unidos da América após bombardeio executado por militares norte-americanos matar o general Qassem Soleimani, o Irã é um dos principais parceiros comerciais do agronegócio sul-mato-grossense. De janeiro a novembro de 2019, aquele país injetou mais de US$ 140 milhões na economia estadual para comprar milho, soja e carne bovina.

Com base nas informações apuradas pela Secretaria de Comércio Exterior do Ministério da Economia, Indústria, Comércio Exterior e Serviços, a Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul) mostra que os iranianos figuram sempre entre os principais importadores dos produtos da agricultura e da pecuária vendidos pelo Estado no mercado internacional.

No mais recente boletim casa rural da entidade representativa do agronegócio sul-mato-grossense, é detalhado que de janeiro a novembro de 2019 o Irã pagou US$ 45,2 milhões por 12.969.180 quilos de carne bovina produzidos aqui. Com isso, figura como sexto maior comprador, responsável por 7,22% da receita total.

Quanto à soja em grãos, dos mais de US$ 1 bilhão faturados pelo Estado no mercado internacional em 11 meses do ano passado, US$ 11.969 milhões foram pagos pelos iranianos, que compraram 34.318 toneladas e figuram no 9º lugar do ranking de principais importadores dessa commoditie estadual.

Mas é em relação ao milho que a participação iraniana no faturamento de Mato Grosso do Sul fica ainda mais relevante.

De janeiro a novembro passados aquele país importou 454.451 mil toneladas e pagou US$ 84,7 milhões. Segundo maior comprador, só ficou atrás do Japão, que comprou US$ 157,7 milhões (952.975 toneladas), e responde pelo dobro do terceiro, a Coréia do Sul, US$ 41,8 milhões por 254.292 toneladas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADINA
TJ mantém condenação de mulher que furtou loja de amiga
BRASIL
Preço da cesta básica cai em junho em 10 capitais
ALCINÓPOLIS
Cidade com dois casos confirmados de coronavírus registra primeira morte
ECONOMIA
Preço do litro da gasolina varia 32 centavos em postos de Dourados
DOURADOS
Acusado de matar secretário é transferido à PED
CÂMARA DOS DEPUTADOS
Propostas alteram regras para eleições municipais deste ano
JUSTIÇA
Médicos de Dourados são absolvidos em processo de acusação por negligência
DOURADOS
Prefeita pode trocar secretária de Saúde em meio a pandemia
CAMPO GRANDE
Aumento de casos faz Saúde dobrar testes rápidos na Capital
BRASIL
Multas à Vale pelo rompimento de Brumadinho serão aplicadas em obras

Mais Lidas

POLÍCIA
Assassinado no Izidro é secretário de Agricultura Familiar de Dourados
DOURADOS
Ex-funcionário é o suspeito de matar secretário de Agricultura
DOURADOS
Antes do crime, homem que matou secretário havia sido demitido por não usar máscara
DOURADOS
“Um amigo, um conselheiro”, diz Délia após assassinato de secretário