Menu
Busca segunda, 21 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
ECONOMIA

Energia elétrica: Bandeira Tarifária para o mês de junho é vermelha

01 junho 2015 - 16h00

A bandeira tarifária para o mês de junho é vermelha para todos os consumidores brasileiros, conforme divulgou a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Bandeira vermelha representa um acréscimo de R$ 5,50 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. A partir de 1º de maio de 2015, o sistema de bandeiras também começou a ser aplicado aos consumidores atendidos pela Amazonas Energia, pois conforme Despacho nº 1.365/2015, a distribuidora passou a fazer parte do Sistema Interligado Nacional (SIN).

Pelo sistema de bandeiras, as cores verde, amarela e vermelha indicam se a energia custará mais ou menos em função das condições de geração de eletricidade. Assim, o consumidor poderá identificar qual bandeira do mês e reagir a essa sinalização com o uso consciente da energia elétrica, sem desperdício. Neste mês, a bandeira se mantém na cor vermelha, significando que os custos para gerar energia ainda estão os mais altos.

O que cada cor indica

Bandeira verde: condições favoráveis de geração de energia. A tarifa não sofre nenhum acréscimo;

Bandeira amarela: condições de geração menos favoráveis. A tarifa sofre acréscimo de R$ 2,50 para cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos;

Bandeira vermelha: condições mais custosas de geração. A tarifa sobre acréscimo de R$ 5,50 para cada 100 kWh consumidos
Agepan

A Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de MS – Agepan orienta os consumidores de energia a ficarem atentos à cor da bandeira indicada mensalmente e a adotarem medidas de uso racional. Para ajudar o consumidor a tirar dúvidas sobre esse serviço, uma série de informações e dicas estão sendo divulgadas pelo “Fiscalino”, mascote das ações educativas da Agepan. Acompanhe no site [www.agepan.ms.gov.br](http://www.agepan.ms.gov.br)

Saiba mais

As bandeiras tarifárias são uma conta a mais para o consumidor pagar?

Não. As bandeiras são uma forma diferente de apresentar um custo que hoje já está na conta de energia, mas que geralmente passa despercebido.

Antes das bandeiras, as variações que ocorriam nos custos de geração de energia, para mais ou para menos, eram repassados até um ano depois, no reajuste tarifário seguinte. Agora, as bandeiras sinalizam, mês a mês, o custo de geração da energia elétrica que será cobrada dos consumidores.

Por que saber a cor da bandeira é importante para o consumidor?

Com as bandeiras tarifárias, o consumidor ganha um papel mais ativo na definição de sua conta de energia. Ao saber, por exemplo, que a bandeira está vermelha, pode adaptar seu consumo e diminuir o valor da conta (ou, pelo menos, impedir que ele aumente).

Se o consumidor reduzir seu consumo, a sua bandeira muda de cor?

Não de forma direta. A cor da bandeira é definida mensalmente e aplicada a todos os consumidores, ainda que eles tenham reduzido seu consumo. Mas a redução do consumo pode diminuir o valor da conta ou, pelo menos, impedir que ela aumente. Além disso, quando os consumidores adaptam seu consumo ao sinal de preço eles estão contribuindo para reduzir os custos de geração de energia do sistema.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Motorista bêbado que atropelou cinco não terá fiança e será encaminhado para PED
PRF
Foragido da justiça de MS é preso com carro de luxo no Distrito Federal
POLÍTICA
Bolsonaro recebe credenciais de cinco novos embaixadores no Brasil
BONITO
Condutor deixa carro atravessado em meio fio com 700 kg de maconha
PANDEMIA
Dourados soma 45 novos casos de Covid e fecha semana com média móvel de 54,8
MONITORAMENTO
IBGE lança painel digital com dados sobre o coronavírus por cada município
TRÁFICO DE DROGAS
Dois são pegos vendendo cocaína e maconha no centro de Batayporã
MATO GROSSO DO SUL
Reforma do IML de Corumbá vai custar quase R$ 300 mil ao Governo do Estado
POLÍTICA
Deputados federais visitam áreas de queimadas no Pantanal de MS e MT
IMPRUDÊNCIA
Idoso de 74 anos acaba preso após ser flagrado dirigindo bêbado

Mais Lidas

RIO BRILHANTE
Homem de 56 anos cai de trator e morre atropelado em fazenda
ESTADO
Confraternização em fazenda termina com tragédia após briga familiar
TRAGÉDIA
Bombeiro em Dourados morre durante acidente em Santa Catarina
DOURADOS
Amigos e familiares de entregador morto em acidente pedem que justiça seja feita