sexta, 01 de julho de 2022
Dourados
30°max
15°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
MATO GROSSO DO SUL

Em 5 meses, número de empresas abertas já passa de 50% do total de 2021

21 junho 2022 - 07h29Por Redação com Portal MS

Entre janeiro e maio deste ano, nada menos que 18.690 novas empresas – incluindo os microempreendedores individuais – foram abertas em Mato Grosso do Sul. De acordo com dados do Mapa Empresarial do Ministério da Economia sistematizados pela Coordenadoria de Estudos e Pesquisas da Funtrab, em 2021, o número de empresas abertas no Estado foi de 35.770.

Já nos cinco primeiros meses de 2022 (janeiro a maio), o número de empresas de pequeno e médio portes e microempresas chegou a 18.690, mais da metade do úmero de novos empreendimentos ativados no ano passado, indicando que o ritmo crescente na abertura de novos negócios deve se manter.

No ano pré-pandemia, 2019, foram abertas 29.179 empresas e microempresas (4.157 firmas de portes médio e pequeno). A explicação está no desempenho da economia e atuação do Governo do Estado durante a pandemia. Para o governador Reinaldo Azambuja, um dos fatores para o bom desempenho da economia e projeção positiva de crescimento do PIB (Produto Interno Bruto), foi o investimento em obras estruturantes, de transporte e logística, a performance do agro, uma das atividades econômicas menos afetadas pela pandemia, além das medidas emergenciais, que permitiram a travessia do período pandêmico e atenuaram os efeitos da crise, permitindo a retomada segura.

Quanto ao mercado de trabalho formal, que reage conforme o crescimento da economia, no pior ano, 2020, a geração de empregos caiu pela metade em relação a 2019. Foram criados 12.599 empregos no ano pré-pandemia.

Em 2020, com a economia praticamente parada, o número de novas vagas não passou de 6.437. Mas os investimentos em novos negócios se mantiveram, com destaque para os microempreendedores individuais, que aumentaram em razão do surgimento de novas oportunidades no setor de serviços. Muitas das pessoas que perderam emprego com carteira assinada optaram por abrir seu próprio negócio, principalmente no setor de alimentos.

De um total de 29.179 novas empresas e MEIs em 2019, o número saltou para 32.851 no ano da pandemia sem vacina. Já em 2020, puxada pelos setores da saúde, medidas emergenciais e bom desempenho do agro, a quantidade de os novos negócios somou 35.770.

Com o número de 18.690 novos negócios, dos quais 17.617 são microempresas, há perspectiva de que a estatística do ano passado seja superada.

Para o governador Reinaldo Azambuja, as mudanças estruturais ajudaram a enfrentar as crises conjunturais e a economia do Estado se desenvolve porque há ambiente favorável.

 

 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

'Boca de fumo' é fechada em Coxim e homem de 45 anos é preso
MATO GROSSO DO SUL

'Boca de fumo' é fechada em Coxim e homem de 45 anos é preso

POLÍTICA

Dinheiro de leilões de bens do tráfico é usado para combate às drogas

Ministério da Justiça deflagra nona fase da Operação Luz na Infância
BRASIL

Ministério da Justiça deflagra nona fase da Operação Luz na Infância

CAMPO GRANDE

Hemosul lança o Selo Conexão para as empresas parceiras

ECONOMIA

Aneel leiloa 13 lotes de transmissão de energia

CAPITAL

Homem é preso por uso de documento falso e furto qualificado

FUTEBOL

América-MG derrota Botafogo e fica perto das quartas da Copa do Brasil

CORUMBÁ

Com o apoio de policial aposentado, foragido da justiça é capturado

ECONOMIA

BC admite oficialmente estouro da meta de inflação em 2022

TRÁFICO DE DROGAS

Tabletes de maconha abandonados em ônibus de linha são apreendidos

Mais Lidas

UM MORTO E OUTRO FERIDO

Alvos de disparos, jovens foram perseguidos por três homens quando saíam de uma conveniência 

DOURADOS

Jovem é baleado por homem de moto enquanto caminhava na Cohab II

TRAGÉDIA

Douradense morre e pai de vereador fica ferido em acidente no Mato Grosso

TRÁFICO

Ônibus com placas de Dourados é apreendido em SP com quase 100 quilos de cocaína