Menu
Busca quinta, 24 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
ECONOMIA

Com PIB menor, Dourados tem quase o dobro de empresas existentes em Três Lagoas

16 dezembro 2019 - 10h36Por André Bento

Dados da Jucems (Junta Comercial do Estado de Mato Grosso do Sul) mostram que Dourados ganhou 551 novas empresas de setembro a novembro deste ano. Ao todo, constam como ativas no município 22.151. É quase o dobro das existentes em Três Lagoas (11.384), segunda maior economia sul-mato-grossense. Campo Grande tem 100.082.

Dos empreendimentos douradenses, a maior parte, 12.094, são de microempreendedor individual. Outros 4.978 correspondem a sociedade empresarial limitada, 3.690 a empresário (individual), e 1.488 a Eireli (Empresa Individual de Responsabilidade Limitada).

Ainda segundo a Jucems, existem também oito empresas de sociedade anônima em Dourados e quatro de outros tipos não detalhados, além de 19 cooperativas.

No caso das cooperativas, o município teve no final de novembro a inauguração de um complexo industrial da Coamo no qual foram investidos R$ 795 milhões. A estrutura de 92 mil metros quadrados tem capacidade de processar 3 mil toneladas de soja e refinar 720 toneladas de óleo de soja por dia.

Neste mês, o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgou levantamento feito com base em dados de 2017 no qual Dourados segue atrás de Três Lagoas no ranking que avalia o PIB (Produto Interno Bruto) dos municípios.

Enquanto a economia douradense totalizou R$ 8,3 bilhões em riquezas, sobretudo graças aos setores de serviços e de administração, defesa, educação e saúde públicas e seguridade social, em Três Lagoas a cifra atingiu R$ 10,1 bilhões, especialmente por causa da agropecuária e da indústria.

O município do bolsão, cuja maior atividade agropecuária é o cultivo de cana-de-açúcar, figura entre os cinco maiores valores adicionados ao PIB por esse ramo econômico, de R$ 1,2 bilhão. Já Dourados, na região sul-mato-grossense onde a soja é protagonista, adicionou R$ 484,8 milhões.

O IBGE detalhou ainda que dois municípios de Mato Grosso do Sul estão no ranking dos 100 brasileiros com maiores valores adicionados bruto da Indústria. Nesse aspecto, Três Lagoas totalizou R$ 5,1 bilhões e supera até Campo Grande, com R$ 3,7 bilhões.

Quanto à atividade econômica de prestação de serviços, Campo Grande retoma a liderança estadual, com R$ 14 bilhões agregados ao PIB. Dourados teve R$ 4,3 milhões e Três Lagoas R$ 2,2 milhões.

Em administração, defesa, educação e saúde públicas e seguridade social, mais uma vez a capital é líder, com R$ 5,2 bilhões agregados à economia, enquanto Dourados obteve R$ 1,3 bilhão e Três Lagoas R$ 750 milhões.

Já na área empresarial, segundo a Jucems, a economia três-lagoense tem 6.426 microempreendedores individuais, 2.423 empresários individuais, 1.877 sociedades empresariais limitadas, 698 classificadas como Empresa Individual de Responsabilidade Limitada, 10 de sociedade anônima, 10 cooperativas, e duas de outros tipos não detalhados.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Em live no Instagram, curso de Psicologia fala sobre isolamento social, sofrimento psíquico e pandemia
BRASIL
Marco Aurélio votará por permitir depoimento por escrito de Bolsonaro
PROSSEGUIR
Governo atualiza mapa da Covid e Dourados volta para "bandeira vermelha"
FLAGRANTE
Casal do tráfico é preso após polícia flagrar homem preparando baseado na moto da esposa
ALEMS
Deputado Neno Razuk solicita melhorias em trecho da MS-485
MATO GROSSO DO SUL
Rastrear pode auxiliar na redução da taxa de contágio por coronavírus
BRASIL
Saúde atualiza novamente procedimentos para aborto no SUS
ELEIÇÕES 2020
Em Dourados, 80 postulantes à Câmara de Vereadores aguardam julgamento de candidatura
DOURADOS
Menor é flagrada em ônibus tentando levar skunk para Goiás
PANDEMIA
Dourados soma mais de 6,2 mil recuperados do novo coronavírus

Mais Lidas

DOURADOS
Carro carregado com calhas capota após colisão e mulher fica ferida
PARANÁ
Traficante Elias Maluco é encontrado morto em presídio federal
PEDRO JUAN
Terror na fronteira: três veículos de luxo são incendiados em pontos distintos
PANDEMIA
Prefeitura e MPE entram em acordo para retorno das aulas presenciais na rede privada