quinta, 26 de maio de 2022
São Paulo
23°max
11°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
MERCADO FINANCEIRO

Dólar sobe para R$ 5,45, mas tem segunda semana seguida de queda

21 janeiro 2022 - 19h50Por Agência Brasil

Num dia de expectativa no mercado externo, o dólar voltou a subir, mas encerrou a segunda semana seguida em baixa. A bolsa de valores alternou altas e baixas e encerrou em leve queda, mas fechou a semana com ganhos, aproximando-se dos 109 mil pontos.

O dólar comercial encerrou esta sexta-feira, dia 21 de janeiro, vendido a R$ 5,455, com alta de R$ 0,039 (+0,72%). A cotação chegou a cair entre o fim da manhã e o início da tarde, chegando a R$ 5,40 por volta das 13h30. No entanto, a moeda norte-americana acelerou nas horas finais de negociação.

Apesar da alta de hoje, a divisa encerrou a semana com recuo de 1,05%. Nos primeiros dias de 2022, o dólar acumula queda de 2,16%.

O mercado de ações teve um dia parecido. O índice Ibovespa, da B3, fechou aos 108.942 pontos, com queda de 0,15%. Como nos últimos dias, o indicador foi impulsionado por ações de empresas ligadas a commodities (bens primários com cotação internacional) e do setor varejista, mas o desempenho ruim das bolsas norte-americanas influenciou o mercado brasileiro.

Mesmo com a queda de hoje, a bolsa fechou a semana com alta de 1,88%. Em 2022, a valorização chega a 3,93%. Há duas semanas, o Ibovespa chegou a acumular perdas de 12% neste ano.

O mercado brasileiro teve um dia tranquilo comparado com o exterior. Sob a expectativa da reunião do Federal Reserve (Fed, Banco Central norte-americano) da próxima semana, as bolsas dos Estados Unidos caíram e os rendimentos dos títulos do Tesouro do país (considerados os investimentos mais seguros do mundo) voltaram a subir. Taxas mais altas em economias avançadas estimulam a fuga de recursos de países emergentes, como o Brasil.

Apesar da pressão internacional, os mercados emergentes foram menos afetados que o habitual. Prevaleceu, entre os investidores, a ideia de que os efeitos do aperto da política monetária norte-americana estão precificados (incorporada aos preços) nos países em desenvolvimento.

Na terça (25) e quarta-feira (26), o Fed faz a primeira reunião do ano. Embora o encontro não deva resultar em alta de juros nos Estados Unidos, o mercado espera que o órgão forneça sinais para a reunião de março, quando deve ocorrer o primeiro reajuste após o início da pandemia de covid-19.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL

Aduems se mobiliza contra a cobrança de mensalidade em universidade pública

Empresária tem conta bancária invadida e prejuízo ultrapassa R$ 70 mil
REGIÃO

Empresária tem conta bancária invadida e prejuízo ultrapassa R$ 70 mil

Neno Razuk solicita Centro de atendimento ao trabalhador
SETE QUEDAS

Neno Razuk solicita Centro de atendimento ao trabalhador

Campanha Inverno Solidário segue arrecadando agasalho e cobertores
DOURADOS

Campanha Inverno Solidário segue arrecadando agasalho e cobertores

ESTELIONATO

Golpistas retiram mais de R$ 40 mil de conta bancária de vítima

REGIÃO

Jovem acusado de enganar vendedor e furtar veículo na Capital é preso

CÂMARA DE DOURADOS

Olavo Sul questiona prefeitura sobre melhorias no campo 'Zé Tabela'

TRAGÉDIA

Corpo de jovem que pulou de pontilhão é encontrado

CAMPO GRANDE

Acusado de participar de assassinato, carbonizar e enterrar vítima é preso

MERCADO

Café volta a apresentar volatilidade intensa e avança mais de 800 pontos em NY

Mais Lidas

CAARAPÓ

Grávida morta com tiro na cabeça foi assassinada pelo próprio irmão

TRAGÉDIA

Homem morre e outro fica ferido em estado grave após acidente na Marcelino

BR-163

Acidente mata motociclista e passageiro em estado grave é trazido para Dourados

DOURADOS

Vídeo mostra momento da colisão que terminou com morte de motociclista