Menu
Busca sábado, 19 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
ECONOMIA

Dólar fecha em queda, mas cautela continua

06 novembro 2017 - 18h20Por G1

O dólar fechou em queda ante o real nesta segunda-feira (6), num movimento de correção após alcançar o maior patamar em quatro meses na última sessão, mas os investidores ainda mantém a cautela diante de temores sobre o andamento da agenda econômica do governo no Congresso Nacional, destaca a Reuters.

A moeda norte-americana recuou 1,45%, vendida a R$ 3,259, maior queda desde 19 de maio (-3,89%). Na ocasião, houve também forte movimento de correção após saltar mais de 8%no dia anterior, quando o mercado reagiu às delações de executivos do grupo J&F contra o presidente Michel. 

Na mínima da sessão, a moeda norte-americana marcou R$ 3,2549 e, na máxima, R$ 3,3026.

Cenário local

"A grande expectativa fica por conta das negociações de Temer com a base aliada, para avançar com a agenda econômica", destacou a Correparti Corretora.

Temer fará nesta noite reunião com os líderes da base aliada na Câmara dos Deputados, numa tentativa de reorganizar a pauta de votações até o final do ano. O governo planeja apoiar uma pauta de medidas de segurança e outros projetos de interesse dos deputados para apaziguar a base, antes de colocar em votação a reforma da Previdência.

O mercado vem precificando cada vez mais temores de que o governo não conseguirá tirar a reforma da Previdência do papel, tanto pela aproximação do ano eleitoral de 2018 quanto pelo desgaste político no Congresso Nacional após Temer ter negociado com a base para segurar denúncias contra ele.

A reforma é considerada essencial para colocar as contas públicas do país em ordem. Em três semanas seguidas de valorização, o dólar já subiu 5% frente ao real, de acordo com a Reuters.

Na edição desta semana do relatório Focus do Banco Central, a projeção do mercado financeiro para a taxa de câmbio no fim de 2017 subiu de R$ 3,19 para R$ 3,20.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAL
Modelo é estuprada sob ameaça e usa rede social para falar do crime
POLÍTICA
Maia diz que visita de secretário de Trump afronta autonomia do Brasil
CRIME AMBIENTAL
Paulista é autuado em R$ 22 mil por desmatamento ilegal de vegetação nativa
FUTEBOL
Prefeitura do Rio autoriza volta do público aos jogos no Maracanã
CAPITAL
Um dia após pedir medida protetiva, mulher tem pertences incendiados
RECURSOS NATURAIS
Egressa da UEMS desenvolve cosméticos artesanais veganos
SÃO GABRIEL
Censurado, outdoor anti-bolsonarista amanhece com Artigo da Constituição
UFGD
Inscrições ao Vestibular de Licenciatura em Letras-Libras começam 2ª-feira
BRASILÂNDIA
Após ganhar liberdade, mulher que matou homem volta para prisão
RECURSOS
União deposita R$ 20 milhões da Lei Aldir Blanc para Mato Grosso do Sul

Mais Lidas

PERIGO POTENCIAL
Vendaval pode atingir Dourados e outras 35 cidades de MS, segundo alerta do Inmet
BNH III PLANO
Ladrões tentam invadir residência de juiz em Dourados
REGIÃO
Empresário é sequestrado e morto quando visitava túmulo do filho
ELEIÇÕES 2020
Convenções chegam ao fim e sete nomes são lançados à prefeitura de Dourados