Menu
Busca domingo, 29 de novembro de 2020
(67) 99659-5905
COTAÇÃO

Dólar comercial opera na casa de R$ 4,01 no último pregão do ano

30 dezembro 2019 - 14h30Por G1

O dólar comercial opera em queda nesta segunda-feira, dia 30 de dezembro, último pregão do ano, renovando mínima intradia em mais de sete semanas.

Às 14h15, a moeda norte-americana caía 0,84%, a R$ 4,0163. Na mínima da sessão até o momento chegou a R$ 4,0095, menor cotação desde 6 de novembro (R$ 3,9762). 

Na sexta-feira, o dólar fechou em queda de 0,28%, a R$ 4,0503, acumulando recuo de 1,06% na semana. No mês, tem desvalorização de 4,47% sobre o real. No ano, porém, acumula até agora um avanço de 4,55%.

Segundo o Valor Online, a queda desta segunda é influenciada pelo mercado internacional favorável ao risco e também pela pressão pela formação da Ptax que será a referência para o vencimento dos contratos futuros negociados na B3, na próxima quinta-feira.

A projeção do mercado para a taxa de câmbio no fim de 2019 permaneceu em R$ 4,10 por dólar, segundo a pesquisa Focus do Banco Central, divulgada nesta segunda. Para o fechamento de 2020, caiu de R$ 4,10 para R$ 4,08 por dólar.

Os economistas do mercado financeiro elevaram a estimativa de inflação para este ano de 3,98% para 4,04%. Já a projeção para o crescimento do PIB para este ano subiu de 1,16% para 1,17%. Para o ano que vem, a previsão foi elevada de 2,28% para 2,30% – oitava alta seguida.

A projeção dos analistas para a taxa básica de juros (Selic) no fim de 2020 permanece em 4,50% ao ano.

De forma geral, os mercados chegam ao fim do ano com tom otimista, especialmente depois de Estados Unidos e China terem chegado a um consenso sobre alguns pontos de questões tarifárias.

Sinais de estabilização na economia chinesa, conforme indicativo por números recentes, também amparavam a busca por risco no mercado de moedas, sobretudo as de países exportadores de commodities --produtos com forte demanda chinesa.

Na máxima do ano, dólar chegou a R$ 4,25

Em novembro, o dólar bateu recordes nominais sucessivos, chegando a ser cotado a R$ 4,2584, em meio a incertezas sobre a economia mundial e piora das contas externas brasileiras.

A queda da taxa básica de juros também para a alta da moeda em relação ao real: com a redução do rendimento das aplicações por aqui, em um cenário ainda de incertezas, os investidores buscaram opções lá fora, retirando dólares do país.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Internado com Covid-19, Maguito Vilela, é eleito prefeito de Goiânia
ELEIÇÕES 2020
Internado com Covid-19, Maguito Vilela, é eleito prefeito de Goiânia
Eduardo Braide, do Podemos, é eleito prefeito de São Luís
ELEIÇÕES 2020
Eduardo Braide, do Podemos, é eleito prefeito de São Luís
Cícero Lucena, do Progressistas, é eleito prefeito de João Pessoa
ELEIÇÕES 2020
Cícero Lucena, do Progressistas, é eleito prefeito de João Pessoa
Edvaldo Nogueira, do PDT, é reeleito prefeito de Aracaju
ELEIÇÕES 2020
Edvaldo Nogueira, do PDT, é reeleito prefeito de Aracaju
Dr. Pessoa, do MDB, é eleito prefeito de Teresina
ELEIÇÕES 2020
Dr. Pessoa, do MDB, é eleito prefeito de Teresina
SOLIDARIEDADE
Adoção de cartinhas do papai noel dos Correios é digital neste ano
ELEIÇÕES 2020
Delegado Pazolini (Republicanos) é eleito novo prefeito de Vitória
ELEIÇÕES 2020
Edmilson Rodrigues, do PSOL, é eleito prefeito de Belém
CAPITAL
Justiça solta advogado suspeito de abuso, avós e pais das vítimas e delegada expõe revolta
DOURADOS
Oficinas comunitárias para revisão do Plano Diretor foram canceladas

Mais Lidas

DOURADOS
Com leitos de UTI's lotados, prefeitura aumenta toque de recolher e manda fechar clubes
DOURADOS
Primeira noite com novo toque de recolher tem flagrante de festa com 119 adolescentes
DOURADOS
Decreto é republicado por incorreção, agora com brechas para esporte coletivo e boliche
DOURADOS
Homem é preso com arma após ex-namorada correr até viatura da PM e denunciar ameaça