Menu
Busca quarta, 21 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
SUPERAVIT

Depósitos na poupança voltam a superar saques após 2 anos

05 janeiro 2018 - 15h55Por G 1

Após dois anos de retiradas líquidas de recursos, a caderneta de poupança voltou a atrair investimentos em 2017, segundo números divulgados nesta sexta-feira (5) pelo Banco Central.

No ano passado, os depósitos superaram as retiradas na modalidade em R$ 17,12 bilhões. Em 2015 e 2016, respectivamente, houve a saída líquida de recursos (saques acima de depósitos) em R$ 53,56 bilhões e R$ 40,7 bilhões.

De acordo com o Banco Central, durante todo o ano de 2017 os depósitos na poupança totalizaram R$ 2,085 trilhões e, os saques, R$ 2,068 trilhões.

A entrada líquida de recursos na caderneta de poupança aconteceu em ano de recuperação da atividade econômica, com o retorno do crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) e do emprego, e também de liberação dos saques das contas inativas do FGTS - que injetou R$ 44 bilhões na economia no ano passado.

Além disso, apesar da queda da rentabilidade das aplicações de renda fixa de uma forma geral, o investimento na poupança ficou mais atrativo no ano passado devido à queda do juro básico da economia, a Selic, que reduziu um pouco a vantagem dos fundos de renda fixa frente à caderneta.

Volume de recursos na poupança

Com a entrada líquida de recursos na poupança, no final do ano passado o estoque dos valores depositados, ou seja, o volume total aplicado, registrou aumento.

No fim de dezembro de 2016, o saldo da poupança estava em R$ 664,9 bilhões. Ao fim de novembro de 2017, somava R$ 702,27 bilhões. Já no final de dezembro do ano passado, ficou em R$ 724,6 bilhões.

Além dos depósitos e das retiradas, os rendimentos creditados nas contas dos poupadores também são contabilizados no estoque da poupança. Em 2017, os rendimentos somaram R$ 42,48 bilhões.

Atratividade da poupança

Com a queda dos juros básicos da economia em 2017, a caderneta de poupança passou a render menos.

Pela norma em vigor, há corte no rendimento da poupança sempre que a taxa Selic está abaixo de 8,5% ao ano. Nessa situação, a correção anual das cadernetas fica limitada a um percentual equivalente a 70% da Selic mais a Taxa Referencial, calculada pelo BC.

Com o recuo do juro básico para 7% ao ano, a partir de dezembro, a correção da poupança passou a ser de 70% desse valor – o equivalente a 4,9% ao ano, mais Taxa Referencial.

Mas a queda de rendimento é um fenômeno que está afetando também as aplicações conhecidas como prefixadas, ou seja, que tem por base o juro básico da economia brasileira - que vem recuando desde outubro de 2016.

De acordo com cálculos da Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac), os fundos de renda fixa "começam a perder competitividade frente às cadernetas de poupança principalmente nas aplicações de baixo valor."

Nesses casos, observa a Anefac, os fundos têm taxas de administração mais elevadas. "Assim sendo a caderneta de poupança vai continuar sendo uma excelente opção de investimento, principalmente sobre os fundos cujas taxas de administração sejam superiores a 1% ao ano", acrescentou a entidade.

Analistas avaliam que o Tesouro Direto, programa que permite que pessoas físicas comprem títulos públicos pela internet, via banco ou corretora, sem necessidade de aplicar em um fundo de investimentos, também pode ser uma boa opção para os investidores. O programa tem atraído a atenção de aplicadores nos últimos anos.

Quando se compara o rendimento da poupança com aplicações de renda variável, e moedas, a poupança perdeu para várias aplicações. Em 2017, pelo segundo ano consecutivo, o Ibovespa foi a aplicação financeira que trouxe maior retorno aos investidores. Na sequência, vêm o euro e o ouro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO GRANDE
Namorado encontra mulher morta sobre a cama
DOURADOS
Vacinação contra o sarampo segue aberta para pessoas de 20 a 49 anos
BRASIL
Bolsonaro diz que governo federal não comprará vacina CoronaVac
PANDEMIA
Adolescente morre por coronavírus em MS e Saúde investiga síndrome rara
FUTEBOL
Invicto e classificado, Palmeiras encerra fase de grupos na Libertadores contra o Tigres
DOURADOS
Orçamento prevê menos dinheiro para Cultura, Planejamento, Serviços Urbanos e Obras Públicas
IBGE
Obesidade mais do que dobra na população com mais de 20 anos
PARANHOS
Motocicleta é recuperada e jovem preso por receptação
CORUMBÁ
Polícia efetua disparo para conter adolescente que ameaçava mãe com faca
FUTEBOL
Corinthians e Vasco fazem duelo de 'seis pontos' nesta quarta pelo Brasileirão

Mais Lidas

DOURADOS
Acidente entre carreta e motocicleta mata mulher na BR-163
HOMICÍDIO EM 2013
Condenada pela morte do ex em Dourados é presa na Capital
DOURADOS
Motorista bêbado causa acidente em semáforo da Avenida Marcelino Pires
CONTRABANDO
Depósito de cigarros paraguaios é desarticulado após denúncia em Dourados