Menu
Busca segunda, 18 de janeiro de 2021
(67) 99659-5905
SUPLEMENTAÇÃO

Decreto regulamenta Fundo Penitenciário de MS que terá fiscalização

28 dezembro 2015 - 08h51

O Governo de Mato Grosso do Sul publicou no Diário Oficial do Estado do dia 23 de dezembro, o Decreto 14.356/2015, regulamentando o Fundo Penitenciário Estadual (FUNPES), que tem por finalidade proporcionar recursos e meios, em caráter supletivo, para financiar e apoiar as atividades e programas de desenvolvimento, modernização e aprimoramento da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen).

Conforme a publicação, o FUNPES é vinculado à Secretaria de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) e será gerenciado pela Agepen, com investimentos destinados à construção, reforma, ampliação e aprimoramento dos presídios; manutenção dos serviços penitenciários; capacitação de agentes penitenciários e custodiados; programas de assistências aos internos, seus familiares, dependentes e a vítimas de crime; gastos com deslocamentos e escoltas; programas de pesquisa científica na área penal, penitenciária ou criminológica, entre outros.

Entre as fontes de recursos que constituirão o Fundo, previstas no Decreto, estão: doações; destinações do Fundo Penitenciário Nacional; multas decorrentes de sentenças penais; fianças quebradas ou perdidas; rendimentos da contraprestação pelos custos administrativos na execução de ajustes celebrados com terceiros, para a utilização de mão de obra de reeducandos; parcela descontada da remuneração do trabalho dos detentos e arrecadação das cantinas existentes em presídios. Os valores provenientes das receitas previstas serão depositados em conta bancária vinculada à gestão do FUNPES, em conformidade com as normas da Secretaria de Estado de Fazenda.

Para a utilização dos recursos, será necessária a elaboração de projetos pela assessoria administrativa da agência penitenciária, sendo necessária a aprovação do secretário da Sejusp e do diretor-presidente da Agepen.

###Conselho de Fiscalização
Com a nova normativa, também foi instituído o “Conselho de Fiscalização do FUNPES-MS”, que tem por competência analisar a lisura e o cumprimento dos projetos aprovados, em execução ou já executados. O órgão colegiado será comporto por oito membros titulares e seus suplentes, com mandato de quatro anos.

De acordo com a publicação, serão membros permanentes o secretário de Justiça e Segurança Pública e o diretor-presidente da Agepen, que presidirá o conselho, e terá também representantes indicados pelo Poder Judiciário, Ministério Público Estadual, Defensoria Pública, Conselho Penitenciário, Conselho de Administração Penitenciária (CAP) e Procuradoria de Entidades Públicas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

RODOVIA FEDERAL
BR-163 em MS passa por obras de manutenção com três pontos de pare-e-siga 
Cinco grupos prioritários estão na primeira fase do plano estadual de vacinação
CORONAVÍRUS
Cinco grupos prioritários estão na primeira fase do plano estadual de vacinação
BONITO
Rio Miranda atinge nível de emergência e deixa Defesa Civil em alerta
MINISTÉRIO DA SAÚDE
Portaria institui obrigatoriedade do registro da aplicação da vacina
Projeto-piloto dará celeridade à distribuição automática de processos de 1º Grau
MS
Projeto-piloto dará celeridade à distribuição automática de processos de 1º Grau
JUSTIÇA FEDERAL
TRF3 considera impenhorável aplicação de até 40 salários mínimos em fundo de investimento
NÚCLEO INDUSTRIAL
Obra para construir passarela de pedestre em Dourados é paralisada
SEGURO
Caixa assume gestão dos recursos e pagamentos do Dpvat
DOURADOS
Dia chuvoso traz risco de banho indesejável para pedestre e de multa a motoristas
AMAMBAI
Após incêndio, mulher é encontrada carbonizada em barraco

Mais Lidas

DOURADOS
Morto por descarga elétrica pode ter tentado consertar portão
ACIDENTE
Homem morre após sofrer descarga elétrica em Dourados
DOURADOS 
Jovem cai de moto e pede ajuda após levar facada
DOURADOS
Comitê alerta para crescente da Covid e prefeito expede decreto com novas regras