Menu
Busca terça, 07 de abril de 2020
(67) 9860-3221

Criança precisa de doação para seguir tratamento contra leucemia

10 fevereiro 2013 - 08h05

Com leucemia desde quando nasceu, o pequeno Lucas Mendes Nakahara, que tem 1 ano e vive com os pais em Naviraí, precisa de ajuda financeira para seguir o tratamento contra a doença. O pai Anderson Takeshi Nakahara e a mãe Fabiana Tereza Mendes estão com o garoto em Curitiba, onde ele fez transplante no dia 29 de janeiro de 2013.

A tia do menino, Aline Tetsue Nakahara Campos, 23 anos, disse que o sobrinho recebeu a medula do irmão mais velho, de 2 anos. Segundo a mãe de Lucas, além da leucemia ele também sofre da síndrome de Wiskott-Aldrich, doença descoberta no primeiro filho dela que morreu aos 7 meses de idade. O segundo filho do casal não desenvolveu a doença e, por isso, pode ser o doador do irmão caçula.

Segundo a tia de Lucas, o problema agora é que a família precisa de um apartamento que seja perto do hospital e que tenha isolamento para o tratamento pós-operatório, o que, segundo Aline, é muito caro e a família não tem dinheiro suficiente para custear.

“Minha cunhada Fabiana e meu irmão Takeshi estão dependendo de doações e caridade. A história da minha família é trágica, pois minha cunhada já perdeu o primeiro filho com a mesmo doença por falta de tratamento médico adequado. Estamos desesperados pois não suportaríamos mais uma perda como essa em nossa casa”, relatou, lembrando o outro filho do casal que morreu aos 7 meses.

O tratamento de Lucas deve durar aproximadamente seis meses. Por isso, a família precisa de doações para continuar em Curitiba com o tratamento. Fabiana, mãe da criança, disse que a família começou uma campanha de doações pedindo ajuda a amigos por meio de uma rede social, mas que ainda dependem de doações.

"Estamos precisando de cesta básica, depósito em dinheiro, fralda descartável, roupas e qualquer outro tipo de ajuda que a pessoa puder doar", explica a mãe. Ela ainda disse que a família aguarda o auxílio financeiro de um programa social do governo federal que dá auxílio para as famílias seguirem o tratamento médico dos filhos

"Já recebi ajuda financeira desse programa no começo do tratamento do Lucas, quando nós tínhamos que viajar de Naviraí até Curitiba para fazer exames e todos os custos da viagem foram pagos pelo programa. Agora o pagamento para o tratamento deve começar a partir de março.", explicou Fabiana.

A família informa que os interessados em ajudar com doações podem entrar em contato pelos telefones (41) 9980-7727 e (41) 8435-7407 ou ainda fazer diretamente depósito na conta da mãe da criança, Fabiana Tereza Mendes. A agência é a 0954-7 e a conta corrente 30547-2 do Banco do Brasil.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EM SÃO PAULO
Formada em Dourados, pesquisadora participa de estudo sobre o coronavírus
LEGISLATIVO
Por vídeoconferência, aplicação dos recursos do Fundersul é aprovada
VÉSPERA DE FERIADO
Prefeitura decreta ponto facultativo na quinta e coleta de lixo para na sexta
CAMPO GRANDE
Supeito de furto ateia fogo em celular durante abordagem policial
INFORME PUBLICITÁRIO
Como investidores douradenses podem proteger seu capital em todos os períodos
EMBOSCADA
Suspeito de homicídio teria convidado vítima para caçar tatu em sítio
NO VERMELHO
Déficit público deve caminhar para R$ 500 bilhões, diz secretário
CONTRA O COVID-19
Barreiras sanitárias abordam sete mil pessoas por dia em Mato Grosso do Sul
DOURADOS
Aulas na Rede Municipal vão seguir calendário estadual e ficam suspensas até maio
POLÍCIA
Caminhão com 450 mil maços de cigarro é apreendido em Caarapó

Mais Lidas

DOURADOS
Dois homens são executados por dupla de moto no Jardim Carisma
FLEXIBILIZAÇÃO
Com restrições, comércio volta a funcionar amanhã em Dourados
COVID-19
Estado tem mais três confirmações do novo coronavírus em 24 horas, todas no interior
DOURADOS
Polícia apura que filho matou pai a pauladas após agredir a mãe grávida