Menu
Busca domingo, 25 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
SELIC

Copom inicia reunião com expectativa de redução da taxa básica de juros

05 dezembro 2017 - 13h20Por Agência Brasil

A última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) neste ano começou na manhã desta terça-feira, dia 05 de dezembro, com expectativa de redução da taxa básica de juros, a Selic. Hoje será realizada a primeira parte da reunião e amanhã (6), por volta das 18h20, será divulgada decisão da diretoria do BC.

A taxa básica de juros, a Selic, poderá chegar ao menor nível da história. Com a inflação mais baixa, a expectativa de instituições financeiras é que a taxa básica seja reduzida de 7,5% ao ano para 7% ao ano.

Se a expectativa se confirmar, será o décimo corte seguido na taxa básica. Em outubro, o Copom reduziu, por unanimidade, a Selic em 0,75 ponto percentual, de 8,25% ao ano para 7,5% ao ano. Com essa redução, a taxa se igualou ao nível de maio de 2013.

De outubro de 2012 a abril de 2013, a taxa foi mantida em 7,25% ao ano, no menor nível da história, e passou a ser reajustada gradualmente até alcançar 14,25% ao ano em julho de 2015, patamar mantido nos meses seguintes. Somente em outubro do ano passado, o Copom voltou a reduzir os juros básicos da economia.

A expectativa do mercado financeiro é que a inflação, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), termine este ano em 3,03%, quase no piso da meta (3%). Essa meta tem como centro 4,5%. Para 2018, a previsão é que a inflação fique um pouco maior, mas ainda abaixo do centro da meta, em 4,02%.

A taxa básica de juros é usada nas negociações de títulos públicos no Sistema Especial de Liquidação e Custódia (Selic) e serve de referência para as demais taxas de juros da economia.

Ao reajustar a Selic para cima, o Banco Central segura o excesso de demanda que pressiona os preços, porque juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança. Ao reduzir os juros básicos, a tendência do Copom é baratear o crédito e incentivar a produção e o consumo, mas enfraquece o controle da inflação.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CONDENADO POR CRIMES SEXUAIS
João de Deus vai para UTI após ser transferido para hospital em Brasília
BRASIL
Pandemia aumenta busca por profissionais autônomos e freelancers no país; veja serviços com maior demanda
MS
Recursos do FCO em indústria geram empregos e renda em Anaurilândia
OPORTUNIDADE
Inscrições de concurso de Câmara com 8 vagas terminam hoje
MUNDO
Lewis Hamilton vence e se torna recordista absoluto de vitórias na Fórmula 1
24 HORAS
MS registra 302 novos casos de coronavírus e cinco óbitos
REGIÃO
PM prende autores por furto, receptação e tráfico
PANDEMIA
Dourados tem 445 casos ativos de coronavírus
Astronomia: estudante vende empadas para comprar telescópio
MS
Sonho que virou realidade, piloto da PM tem orgulho em servir a sociedade

Mais Lidas

DOURADOS
Acusado de matar mulher por asfixia no Canaã I é preso no Piratininga
TRÂNSITO
Moto invade preferencial, é atingida por caminhonete e dois ficam feridos na Marcelino
DOURADOS
PM é acionada e consegue evitar suicídio de homem em hotel
DOURADOS
Homem invade casa, tenta estuprar jovem e é detido por populares