quinta, 22 de fevereiro de 2024
Dourados
24ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
BRASIL

Concurso da Câmara com salário de R$ 34 mil será refeito após erro

06 dezembro 2023 - 20h20Por G1

Uma parte dos candidatos que participaram do concurso da Câmara dos Deputados no último domingo, dia 03 de dezembro, terão que refazer a prova objetiva de conhecimentos específicos, por causa de um problema na distribuição dos cadernos.

A decisão se aplica às pessoas que estão concorrendo ao cargo de consultor legislativo, em nove áreas específicas, e de consultor de orçamento e fiscalização financeira. São 34 vagas, com salário inicial de R$ 34.812,19.

Neste domingo (3), os candidatos fizeram duas provas objetivas, sendo a primeira de conhecimentos gerais, no período da manhã, e a segunda de conhecimentos específicos, à tarde.

No entanto, constatou-se que os malotes das provas aplicadas no turno da manhã em formato ampliado, para candidatos com baixa acuidade visual, continham o caderno da prova objetiva de conhecimentos específicos, que seria aplicada no período da tarde.

A informação foi divulgada pela própria Câmara dos Deputados e pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), banca responsável pelo concurso, nesta segunda-feira (4). A data da reaplicação ainda não foi definida.

"Como as provas da tarde foram entregues para alguns candidatos da manhã, esses candidatos tiveram acesso antecipado às questões, o que leva à desigualdade de condições na realização do concurso", explicou a assessoria de imprensa da Câmara dos Deputados.

Assim, segundo o órgão, será elaborada uma nova prova de conhecimentos específicos para todos os candidatos dos cargos listados acima. Só não poderão participar da reaplicação as pessoas que faltaram às provas do turno da manhã.

O comunicado afirmou ainda que o cronograma previsto para as provas discursivas, no próximo domingo (10), segue inalterado para todos os candidatos.

O concurso

Além das oportunidades para consultor, o concurso da Câmara dos Deputados visa preencher vagas de contador, assistente social, enfermeiro, farmacêutico, médico, entre outros cargos.

Ao todo, são 140 vagas imediatas, além do cadastro de reserva, para trabalhar em Brasília (DF). Os salários variam de R$ 26,1 mil a R$ 34,8 mil, a depender do cargo.

O prazo de validade do concurso é de 2 anos, contados da data da publicação do resultado, podendo ser prorrogado uma única vez, por igual período.

Segundo a Fundação Getulio Vargas (FVG), 90.573 candidatos se inscreveram para concorrer às 140 oportunidades disponíveis.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Homem é preso após furto de carro, colisão em muro e furto de moto
IVINHEMA

Homem é preso após furto de carro, colisão em muro e furto de moto

JUSTIÇA ELEITORAL

Julgamento que pode cassar mandato de Sergio Moro começa em abril

Morador de MS é condenado a 17 anos de prisão por atos golpistas
8 DE JANEIRO

Morador de MS é condenado a 17 anos de prisão por atos golpistas

Confederação reforça parceria e destaca referência de MS no vôlei de praia
ESPORTES

Confederação reforça parceria e destaca referência de MS no vôlei de praia

Diretor de trânsito manda taxistas "quebrarem" motoristas clandestinos no pau
RIBAS DO RIO PARDO

Diretor de trânsito manda taxistas "quebrarem" motoristas clandestinos no pau

REGIÃO 

Reitoria manifesta apoio à luta da categoria técnico-administrativa da UFGD

CAPITAL

"Gangue das Mulheres" volta à ativa e duas são presas após furto em loja

STF

Flávio Dino toma posse como ministro do Supremo Tribunal Federal

CORUMBÁ

Bombeiros e Marinha socorrem jovem atacado por queixada no Pantanal

ATOS GOLPISTAS

Valdemar e Torres depõem na PF sobre tentativa de golpe; Bolsonaro se cala

Mais Lidas

TACURU

Servidores são indiciados por desvio de recursos públicos em cidade do interior do MS

DOURADOS

Família procura homem desaparecido desde a manhã desta segunda em Dourados

PROIBIÇÃO

Projeto que veda por mais 5 anos a captura e comercialização do Dourado passa pela CCJR

POLÍCIA

Homem que seguia com maconha em bicicleta é preso em região rural de Dourados