Menu
Busca quarta, 02 de dezembro de 2020
(67) 99659-5905
BRASIL

Cidades com mais de 50 mil habitantes terão de usar pregão eletrônico

04 fevereiro 2020 - 22h20Por Agência Brasil

A partir desta semana, os municípios brasileiros com mais de 50 mil habitantes terão de usar o pregão eletrônico para comprar bens e serviços com recursos de convênios com a União e demais transferências voluntárias. A nova regra abrange 665 cidades e vale para a aquisição de mercadorias e de serviços usados no dia a dia. Apenas as obras estão fora dessa modalidade de contratação.

O secretário de Gestão do Ministério da Economia, Cristiano Heckert, participa do programa  Brasil em Pauta
Pregão eletrônico aumenta economia de recursos públicos, diz o secretário Cristiano Heckert - Arquivo/Agência Brasil
Em 6 de abril, o pregão eletrônico se tornará obrigatório nos municípios de 15 mil a 50 mil habitantes. Em junho, será a vez de as cidades com até 15 mil moradores adotarem o sistema. O cronograma foi estabelecido pela Instrução Normativa 206, editada em outubro do ano passado, pelo Ministério da Economia. Desde outubro, a obrigação vale para os estados e o Distrito Federal.

Segundo o secretário de Gestão do Ministério da Economia, Cristiano Heckert, o pregão eletrônico aumenta a economia de recursos públicos de duas maneiras. A primeira é a ampliação da concorrência. Ao permitir a participação de empresas de todo o país nas licitações, o sistema aumenta a oferta.

“Em vez de comprar apenas na região, a prefeitura pode comprar de todo o país, escolhendo o preço mais vantajoso”, explica Heckert. Segundo o secretário, caberá ao fornecedor oferecer o frete mais barato e o menor preço, no caso de uma prefeitura adquirir bens de regiões distantes. “A responsabilidade, que muitas vezes era do Poder Público, passa para o vendedor”, acrescenta.

A segunda vantagem listada pelo secretário consiste na redução da corrupção. “O pregão eletrônico é um sistema mais transparente, que registra todas as transações. As informações estarão disponíveis para o cidadão acompanhar”, afirma Heckert.

Plataforma

Os municípios interessados podem registrar as aquisições com recursos de transferências voluntárias diretamente no Sistema de Compras do Governo Federal (Comprasnet). A ferramenta está integrada à Plataforma +Brasil, criada em setembro do ano passado para informatizar a prestação de contas de transferências federais voluntárias recebidas pelos entes locais.

Caso o município não queira usar o Comprasnet para fazer as aquisições e recorra aos sistemas próprios, o pregão eletrônico, explicou Heckert, será registrado na Plataforma +Brasil na prestação de contas. Atualmente, a Plataforma +Brasil registra nove modalidades de utilização de recursos de transferências federais. O Ministério da Economia pretende estender a prestação eletrônica de contas a todas as 30 modalidades nos próximos meses.

O estado com mais municípios abrangidos pelas novas normas é São Paulo, com 137 municípios. Em seguida, vem Minas Gerais, com 72. Segundo a Secretaria de Gestão, a União assinou 1.920 convênios com cidades de mais de 50 mil habitantes no ano passado, repassando voluntariamente R$ 2,3 bilhões a essas prefeituras.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Universidade inicia estudos sobre biossegurança para retorno de aulas presenciais
DOURADOS 
Universidade inicia estudos sobre biossegurança para retorno de aulas presenciais
Pescado é apreendido e comerciante multado em R$ mil por irregularidades
CRIME AMBIENTAL
Pescado é apreendido e comerciante multado em R$ mil por irregularidades
Pazuello diz que Ministério da Saúde vai buscar vacina de excelência
CONGRESSO
Pazuello diz que Ministério da Saúde vai buscar vacina de excelência
Ação resulta em apreensão de 120 kg de maconha, armas e captura de fugitivo
Ação resulta em apreensão de 120 kg de maconha, armas e captura de fugitivo
Serviços avançam e comércio recua na participação no PIB desde 1947
ECONOMIA
Serviços avançam e comércio recua na participação no PIB desde 1947
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Polícia encontra adolescente grávida de traficante em 'boca de fumo'
PANDEMIA 
Aumento no número de casos novos causa congestionamento no Disk Coronavírus
MATO GROSSO DO SUL
Estado reúne profissionais de TI para modernizar sistemas de tecnologia
CÂMARA DOS DEPUTADOS
Projeto anula decisão da Aneel que torna conta de luz mais cara em dezembro
TÊNIS DE MESA
Brasileiro vai contar com a participação de 17 atletas de MS

Mais Lidas

PANDEMIA
Casos de coronavírus levam fechamento de três agências bancárias em Dourados
PODER PÚBLICO
Gaeco volta às ruas de Dourados com nova operação
BR-376
Acidente entre Dourados e Fátima do Sul deixa um morto e dois feridos
CAMPO GRANDE
Homem apontado como parente de Rafaat é executado em frente a presídio