Menu
Busca domingo, 29 de novembro de 2020
(67) 99659-5905
Agronegócio

China importou 2,3 milhões de toneladas de soja produzidas em MS

11 dezembro 2019 - 09h43Por André Bento

Dados da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul) apontam que de janeiro a novembro deste ano a China importou 2,3 milhões de toneladas de soja produzidas no Estado. Principal destino das exportações sul-mato-grossenses, o país asiático pagou US$ 813 milhões pelo produto.

Isso representa 75,18% do volume total comercializado no mercado internacional desde o início do ano, de 3 milhões de toneladas. Trata-se de uma retração de 39,3% em relação ao mesmo período em 2018, segundo o mais recente boletim Casa Rural.

Somente no mês passado foram exportadas 162 mil de toneladas da oleaginosa, volume 52,74% inferior ao de novembro de 2018. Desde o início deste ano, as receitas totalizaram US$ 1,08 bilhão, retração de 46,3% no comparativo com os 11 primeiros meses do anterior.

Ainda de acordo com o boletim Casa Rural, em 6 de dezembro os produtores estaduais concluíram o plantio da safra atual, numa área estimada em 3,163 milhões de hectares. Houve atraso por causa da falta de chuvas. Na safra passada, a semeadura acabou em 22 de novembro.

Apesar dessas adversidades climáticas, a entidade representativa do setor produtivo manteve a expectativa de produção de 9,906 milhões de toneladas, com produtividade média de 52,19 sacas por hectare.

A publicação cita ainda levantamento realizado pela Granos Corretora, segundo o qual, até 9 de dezembro, o Mato Grosso do Sul já havia comercializado 36% da safra 2019/20, avanço superior a quatro pontos percentuais comparado a mesmo índice apresentando em igual período em relação à safra 2018/19, de 31,34%.

Conforme o relatado pelos pesquisadores do Siga-MS (Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio), o plantio foi finalizado nas três regiões acompanhadas (norte, sul e centro) entre 2 e 6 de dezembro.

“Produtores realizaram tratos culturais de controle de insetos, plantas daninhas e doenças, no entanto, até o momento a infestação de pragas está dentro da normalidade. A previsão do tempo para a segunda semana de dezembro é de volumes significativos de chuva, até o momento o clima mantém-se favorável ao desenvolvimento da cultura”, detalharam.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MUNDO
Olimpíadas de Tóquio vão custar quase R$ 10 bilhões a mais por causa da pandemia
João Campos derrota a prima e aos 27 anos é eleito prefeito de Recife
ELEIÇÕES 2020
João Campos derrota a prima e aos 27 anos é eleito prefeito de Recife
Sarto derrota candidato de Bolsonaro é eleito prefeito de Fortaleza
ELEIÇÕES 2020
Sarto derrota candidato de Bolsonaro é eleito prefeito de Fortaleza
Emanuel Pinheiro, do MDB, é reeleito prefeito de Cuiabá
ELEIÇÕES 2020
Emanuel Pinheiro, do MDB, é reeleito prefeito de Cuiabá
Caixa paga auxílio emergencial para nascidos em maio
BRASIL
Caixa paga auxílio emergencial para nascidos em maio
ELEIÇÕES 2020
Bruno Covas, do PSDB, é reeleito prefeito de São Paulo
ELEIÇÕES 2020
Sebastião Melo, do MDB, é eleito prefeito de Porto Alegre
ELEIÇÕES 2020
Eduardo Paes, do DEM, é eleito prefeito do Rio de Janeiro
ELEIÇÕES 2020
Internado com Covid-19, Maguito Vilela, é eleito prefeito de Goiânia
ELEIÇÕES 2020
Eduardo Braide, do Podemos, é eleito prefeito de São Luís

Mais Lidas

DOURADOS
Com leitos de UTI's lotados, prefeitura aumenta toque de recolher e manda fechar clubes
DOURADOS
Primeira noite com novo toque de recolher tem flagrante de festa com 119 adolescentes
DOURADOS
Decreto é republicado por incorreção, agora com brechas para esporte coletivo e boliche
DOURADOS
Homem é preso com arma após ex-namorada correr até viatura da PM e denunciar ameaça