Menu
Busca sábado, 16 de janeiro de 2021
(67) 99659-5905
ENERGIA

Cassems inaugura usina fotovoltaica de unidades nesta terça-feira

01 dezembro 2020 - 07h19Por Da Redação

A Cassems (Caixa de Assistência dos Servidores do Estado de Mato Grosso do Sul) inaugura, nesta terça-feira, dia 1º de dezembro, a sua usina fotovoltaica para produção de energia elétrica renovável. Após meses de construção, as unidades da rede própria, exceto a de Três Lagoas, receberão esse novo investimento do plano de saúde, que gerará economia de mais de 200 milhões, em 20 anos. Ao final desse período, a economia prevista é de 227 milhões de reais.

De acordo com o Sistema S de empresas, a usina fotovoltaica da Cassems é a maior de todo o Centro-Oeste. Para a sua construção, não houve desmatamento de mata nativa e, ainda, as árvores frutíferas foram preservadas. Além de contribuir para a preservação do meio ambiente, o investimento da Caixa dos Servidores ainda gerou renda e emprego para 40 famílias.

O presidente da Cassems, Ricardo Ayache, explica que, em ano de pandemia, uma administração cuidadosa é fundamental para a boa gestão da operadora.

“A construção da usina fotovoltaica faz parte de um pacote de medidas administrativas adotadas pela Cassems com o objetivo de reduzir gastos e melhorar o fluxo de atendimento. Confirmando a vocação de uma empresa inovadora, buscamos o que há de mais moderno e sustentável em energia. Nós crescemos e queremos crescer muito mais, mas, sempre, prezando pelo equilíbrio e pela sustentabilidade ambiental e financeira”.

A estrutura da usina fotovoltaica da Caixa dos Servidores conta com 6 hectares de placas, 2 hectares com almoxarifado e alojamento para as equipes de trabalho, além de uma reserva com 7 hectares de eucalipto. São 16.290 módulos solares para fornecer energia. Rojes Pereima, diretor geral da Fontesul, empresa responsável pela construção da usina fotovoltaica, salienta os benefícios da utilização de energia solar, no que tange ao meio-ambiente.

“A produção de energia solar não gera resíduos para a atmosfera e também não oferece impacto negativo para os lençóis freáticos. A sua base é bem simples, que é a cravação direto ao solo com base concretada. Chegando ao final da vida útil das placas solares, a reciclagem é feita de maneira simples, sem agredir o meio ambiente”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

REGIÃO
Homem é flagrado dirigindo embriagado e acaba preso após abordagem
PANDEMIA
Empresa protocola na Anvisa pedido para uso emergencial da Sputnik V
LAMA ASFÁLTICA
Ministro Humberto Martins nega suspensão de ação penal contra irmãs investigadas em MS
Inscrições para intercâmbio no STF são prorrogadas até dia 22
BRASIL
Inscrições para intercâmbio no STF são prorrogadas até dia 22
Jovem é multado em R$ 5 mil após flagrante de papagaio em cativeiro
MS
Jovem é multado em R$ 5 mil após flagrante de papagaio em cativeiro
BRASIL
STJ mantém sessão do júri para julgar professor universitário acusado de matar diretor a machadada
MS
Granja em Rio Verde recebe primeiras 600 matrizes de suínos e consolida projeto de expansão do setor
BRASIL
Força-tarefa da AGU já atuou em mais de 50 ações contra o Enem
SEGURO
Susep anuncia Caixa Econômica Federal como novo gestor do DPVAT
BRASIL
Senacon adotas medidas para combater comércio de vacinas falsificadas

Mais Lidas

BR-163
Homem morre após colidir carro de passeio contra caminhão
OPERAÇÃO
Polícia fecha "boca de fumo" comandada por família no Canaã IV
SIDROLÂNDIA
Flagrada invadindo residência, mulher é amarrada em árvore por populares
PANDEMIA 
Dourados tem oito mortes por Covid em 24 horas