terça, 24 de maio de 2022
São Paulo
23°max
11°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
MS

Cartórios registraram 7 mortes de crianças de 5 a 11 anos por Covid-19

21 janeiro 2022 - 21h20Por Da Redação

Com vacinação recentemente aprovada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), as crianças entre 5 e 11 anos totalizaram sete falecimentos por Covid-19 desde o início da pandemia. Este foi o número de óbitos para esta faixa etária registrados pelos Cartórios de Registro Civil do Mato Grosso do Sul no período de março de 2020 à primeira semana de janeiro de 2022.

O levantamento mostra ainda que as crianças mais afetadas pela doença foram aquelas de nove anos, com três mortes registradas, seguida pelas faixas etárias de cinco, seis, dez e onze anos que registaram apenas uma morte. Foram dois falecimentos de crianças do sexo masculino e cinco do sexo feminino.

Os dados contabilizados fazem parte do Portal da Transparência do Registro Civil, base de dados que reúne as informações de nascimentos, casamentos e óbitos registrados pelos 7.663 Cartórios brasileiros -, e que é administrada pela Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-Brasil).

O ano de 2021 foi aquele que registrou o menor número de mortes cuja causa consta como Covid-19 (2), enquanto que em 2020 foram 5. Na primeira semana de janeiro de 2022 não foram contabilizados óbitos por Covid-19 de crianças entre 5 e 11 anos, embora os Cartórios de Registro Civil tenham o prazo legal de até 10 dias para enviar os dados ao Portal da Transparência do Registro Civil.

“Os óbitos por Covid-19 do Estado foram disponibilizados pelos cartórios no Portal da Transparência desde o início da pandemia. Mesmo com baixo número de óbito pelo vírus, as nossas crianças ainda precisam continuar usando máscaras, mantendo as mãos higienizadas constantemente e ainda buscar pela vacinação”, reforça o Marcus Roza, presidente da Arpen/MS. “O combate contra a Covid-19 deve ser realizado por todos”, completa.

Contabilizando-se todas as mortes por causas naturais em Mato Grosso do Sul, a faixa etária entre 5 e 11 anos 104 óbitos, sendo 53 em 2020 e 49 em 2021 -- com apenas dois lançamentos de óbitos na primeira semana de janeiro de 2022. Dentre as causas de mortis segmentadas pelo Portal, Septicemia foi a causa de 8 mortes, Pneumonia (16), AVC (15), Insuficiência Respiratória (10) e Covid-19 (7). Importante constatar que os Demais Óbitos, que reúnem várias doenças não segmentadas no Portal, totalizaram 43 mortes.

Já no Brasil, as crianças entre 5 e 11 anos totalizaram 324 falecimentos por Covid-19 desde o início da pandemia. Entre os Estados brasileiros, São Paulo, estado mais populoso do país respondeu percentualmente por 22,8% dos óbitos de crianças nesta faixa etária, seguido por Bahia (9,3%), Ceará (6,8%), Minas Gerais (6,5%), Paraná (6,2%), Rio de Janeiro (5,9%) e Rio Grande do Sul (4%). Amapá, Mato Grosso e Tocantins foram as unidades que registraram o menor número de óbitos na faixa etária.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Grávida morta com tiro na cabeça morreu ao tentar proteger um irmão
CAARAPÓ

Grávida morta com tiro na cabeça morreu ao tentar proteger um irmão

Lira tira deputado crítico de Bolsonaro, da vice-presidência da Câmara
CONGRESSO

Lira tira deputado crítico de Bolsonaro, da vice-presidência da Câmara

IVINHEMA

Mensagem sobre massacre viraliza entre alunos e causa pânico em escola

BRASIL

Governo anuncia corte no imposto de importação de arroz, feijão e carne

Após acidente, motociclista quase teve cabeça esmagada por ônibus

FUTEBOL

Procuradoria do STJD denuncia Cruzeiro e Grêmio por cantos homofóbicos

FRONTEIRA

Corpo encontrado no Paraguai é de jovem de Coronel Sapucaia

UEMS

Dourados sedia Congresso Nacional Estudos Linguísticos e Literários 

RIO BRILHANTE 

Homem que matou um e feriu outro é condenado a 25 anos de prisão

BOA SORTE

+Milionária: como apostar na nova loteria, que estreia no sábado

Mais Lidas

DOURADOS/ITAPORÃ

Ciclista morre atropelado na MS-156 e motorista foge

MS

Jovens escapam de sequestro após bandido acidentar carro

DOURADOS

Vítima de atropelamento na MS-156 tinha 21 anos e morava na Reserva Indígena  

REGIÃO

Mulher grávida morre após ser baleada em Caarapó