quinta, 27 de janeiro de 2022
Dourados
33°max
24°min
Campo Grande
30°max
22°min
Três Lagoas
35°max
24°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
ECONOMIA

Caixa deposita hoje retroativo do auxílio emergencial a pais solteiros

13 janeiro 2022 - 17h05Por Agência Brasil

Um total de 823,4 mil pais solteiros recebem hoje (13) o pagamento retroativo de cotas adicionais das cinco primeiras parcelas do auxílio emergencial, pagas entre abril e agosto de 2020, informou a Caixa Econômica Federal. O pagamento totalizará R$ 4,1 bilhões e havia sido autorizado por medida provisória (MP) editada no dia 24 de dezembro.

O crédito será feito por meio do aplicativo Caixa Tem na mesma conta poupança digital usada para receber o auxílio emergencial. O aplicativo permite o pagamento de contas domésticas, compras em estabelecimentos conveniados e a transferência para outras contas-correntes. A situação do benefício pode ser consultada na página do Ministério da Cidadania na internet.

Cada pai solteiro receberá entre R$ 600 e R$ 3 mil, dependendo de quando começou a receber o auxílio emergencial. Não será possível pedir a inclusão do benefício porque o pagamento ocorrerá apenas para quem recebeu as cinco primeiras parcelas do auxílio emergencial em 2020. O pagamento extra não vale para o auxílio emergencial extensão de R$ 300, que vigorou entre setembro e dezembro de 2020, nem para as sete parcelas da rodada do auxílio emergencial de 2021.

Histórico
Em julho de 2020, o presidente Jair Bolsonaro havia vetado um projeto de lei de autoria de deputados da oposição que estendia ao homem provedor de família monoparental o recebimento em dobro do auxílio emergencial criado durante a pandemia de covid-19. Com o veto, somente mulheres solteiras chefes de família receberam as parcelas de R$ 1,2 mil (o dobro do valor original, de R$ 600).

Em 1º de julho do ano passado, o Congresso Nacional, em sessão conjunta, derrubou o veto. Somente no fim de 2021, o governo manifestou-se sobre a questão e editou uma MP com a ampliação do benefício.

“Com a edição da MP, o Estado Brasileiro reitera seus esforços para garantir a oferta regular de serviços e programas voltados à população em geral, principalmente àquela mais vulneráveis, franqueando aos órgãos e agentes públicos o acesso a instrumentos capazes de mitigar os efeitos danosos da pandemia sobre a sociedade brasileira”, informou o Palácio do Planalto ao editar a medida provisória.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AJUDA

Caixa paga hoje Auxílio Brasil a cadastrados com NIS final 8

Dourados registra 60 diagnósticos de Covid e tem mais de 600 casos ativos
PANDEMIA 

Dourados registra 60 diagnósticos de Covid e tem mais de 600 casos ativos

Seu sono com muito mais qualidade com produtos da Cama Inbox; confira
Informe Publicitário

Seu sono com muito mais qualidade com produtos da Cama Inbox; confira

Livre-se dos vasinhos nas pernas com procedimento disponível na Clínica de Estética Cláudia Lino
BELEZA E ESTÉTICA

Livre-se dos vasinhos nas pernas com procedimento disponível na Clínica de Estética Cláudia Lino

Embriagado, jovem colide caminhonete em viatura da PM em Dourados
CENTRO

Embriagado, jovem colide caminhonete em viatura da PM em Dourados

CAPITAL

Ladrão é perseguido e espancado por populares após invadir casa

TÊNIS

Bia Haddad faz história e coloca Brasil na final do Aberto da Austrália

UEMS

Conselho Universitário realiza reunião extraordinária nesta quinta-feira

LOTERIA

Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 31 milhões nesta quinta-feira

ECONOMIA

Contribuintes com débitos na AGEMS podem aderir ao Refis até 31

Mais Lidas

DOURADOS

Homem ostenta em boate, não concorda com valor da conta e vai parar na delegacia

FURTO

Jovem abre algema e tenta fugir de delegacia em Dourados durante autuação

DOURADOS

Preso o jovem autor de pelo menos 20 furtos apenas neste ano

RIBAS DO RIO PARDO

Pai, mãe e filho morreram em colisão entre veículos na BR-262