Menu
Busca domingo, 20 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
COMÉRCIO EXTERIOR

Balança comercial de MS tem saldo positivo de U$ 210 milhõe em 2020

09 março 2020 - 18h05Por Da Redação

Nos dois primeiros meses de 2020, a balança comercial de Mato Grosso do Sul teve superávit, com saldo de U$ 210 milhões em fevereiro. Apesar do resultado positivo, o cenário é de preocupação para março, devido à grande instabilidade do mercado mundial com efeitos causados pela expansão do novo coronavírus em todo o mundo.

Os dados da balança comercial no primeiro bimestre são do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, compilados na Carta de Conjuntura publicada pela Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar).

A celulose, mesmo se mantendo como principal produto exportado pelo Estado, registrou queda de 6,7% nas exportações no primeiro bimestre de 2020 comparado ao mesmo período de 2019. Apesar de aumento no volume exportado, de 808 milhões de toneladas frente a 682 milhões de toneladas no ano passado, o faturamento foi de U$ 316 milhões, menor que os U$ 339 milhões alcançados em 2019.

“Apesar da taxa média do dólar de R$ 4,34 em fevereiro, o faturamento recorrente das exportações de celulose caiu devido à queda do preço pago pelo produto. Com a atual situação econômica, a tendência é de aumento dos estoques da celulose na China, que atua com baixa produção industrial, podendo afetar as exportações nos próximos meses”, explica o titular da Semagro, secretário Jaime Verruck.

As exportações de carnes bovina e de aves também cresceram 9,7% e 48,3% respectivamente nos dois primeiros meses, reflexo ainda de abertura de mercados. Porém, com futuro incerto devido a alteração na demanda internacional e manutenção dos estoques. “Estamos monitorando uma série de variáveis que podem influenciar nas exportações estaduais, como logística, estoques e demandas dos nossos produtos”, afirma o secretário.

Seguindo a tendência de alta, as exportações de minério de ferro cresceram 117,8% nos dois primeiros meses de 2020, quando comparado com o mesmo período do ano passado. Representando 4% da pauta de exportações do Estado, as exportações de minério de ferro somaram 632 milhões de toneladas e U$ 26,3 milhões.

Devido a sazonalidade do período, as exportações de milho e soja caíram 63% e 79% respectivamente. Enquanto as exportações de algodão cresceram 229% entre janeiro e fevereiro de 2020, comparado ao mesmo período do ano passado.

Apesar dos efeitos do coronavírus na China, em fevereiro houve aumento de 12,2% nos envios de Mato Grosso do Sul para o país. As exportações também cresceram para Hong Kong (34,2%), Coreia do Sul (291,8%) e Japão (110%).

Em relação as importações houve aumento na compra de gás natural, de 37%, atingindo 61% de tudo o que é comprado de outros países. Porém, a Petrobras abriu mercado para que outras empresas negociem gás natural diretamente com a Bolívia, reduzindo suas importações para 20 milhões de m³/mês, o que deve alterar o volume de importações nos próximos meses.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MATO GROSSO DO SUL
Taxa de contágio cai pela primeira vez no Estado, mas de mortalidade continua alta
OPERAÇÃO FOCUS
Fazendeiro é autuado duas vezes por crime ambiental em menos de 24h
BRASIL
Congresso fará aperfeiçoamento da reforma administrativa, diz ministro
BRASIL
STF inicia na segunda-feira audiência pública para debater Fundo do Clima
DOURADOS
Promotora solicita informações sobre fiscalização de biossegurança em mercados
DOURADOS
Amigos e familiares de entregador morto em acidente pedem que justiça seja feita
PANDEMIA
Mato Grosso do Sul confirma mais 10 mortes por Covid-19
BRASIL
Após problema cardíaco, ministro da Justiça tem alta em Brasília
ARTE
Alunos da UEMS se apresentam no palco virtual do Itaú Cultural
TRAGÉDIA
Bombeiro em Dourados morre durante acidente em Santa Catarina

Mais Lidas

DOURADOS
Mulher estaciona em vaga preferencial e é xingada por médico
RIO BRILHANTE
Homem de 56 anos cai de trator e morre atropelado em fazenda
DOURADOS
GM flagra aglomeração no centro e três são presos
POLÍCIA
Braço direito de "Marcelo Piloto" é preso no Paraguai