Menu
Busca terça, 15 de junho de 2021
(67) 99257-3397
ACADÊMICOS

Abertas inscrições para o 1º Concurso de Artigos Científicos do TJ/MS

18 maio 2021 - 17h35Por Da Redação

Estão abertas até o dia 17 de agosto as inscrições para o 1º Concurso de Artigos Científicos do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul. Voltado para acadêmicos e acadêmicas de graduação em Direito, Pedagogia, Psicologia e Serviço Social do Estado de MS, o certame selecionará artigos científicos que explorem a temática da cultura de discriminação e violência contra a mulher em uma abordagem que contextualize a Lei n. 11.340/2006 (Lei Maria da Penha).

As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas mediante preenchimento de ficha de inscrição e inserção de documentos na página do concurso (https://www5.tjms.jus.br/concursoartigo/), onde consta ainda a íntegra do edital e do regulamento. Para se inscrever, os(as) candidatos(as) devem ter a idade mínima de 18 anos até a data de encerramento das inscrições. O texto deve ser escrito em folha A4, com margem de 3 cm superior e esquerda e de 2 cm inferior e direita, em fonte Times New Roman, tamanho 12, espaçamento 1,5 entre linhas, e atender às demais normas do regulamento conforme normas técnicas da ABNT. O trabalho deve contar com no mínimo 10 e no máximo 15 laudas e ser escrito integralmente em língua portuguesa.

Saiba mais – Promovido pela Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar, o concurso visa ampliar os espaços de discussão e reflexão sobre discriminação de gênero e violência contra as mulheres, bem como de promoção do conhecimento e divulgação na sociedade.

O certame tem como objetivos:

- Incentivar discussões e reflexões sobre discriminação, esteriótipos, papéis sociais, leis, linguagem, mídia, objetificação da mulher entre outros dispositivos que produzam ou reforcem a desigualdade entre homens e mulheres;

- Implementar a política pública prevista no artigo 8º da Lei n. 11.340/2006;

- Exortar a produção de conteúdo científico que contribua para a prevenção, o combate e a eliminação de todas as formas de discriminação contra as mulheres e o desenvolvimento humano;

- Reconhecer a importância das(os) profissionais em formação, potenciais atores das Redes de Atendimento e de Enfrentamento à violência contra as mulheres;

- Estimular debates e conhecimento que contribuam para a conscientização da população no que se refere ao Objetivo de Desenvolvimento Sustentável n. 5 da Agenda 2030 da ONU;

- Promover a compreensão do feminismo na perspectiva dos Direitos Humanos;

- Valorizar as iniciativas de acadêmicos e de instituições de ensino superior que contribuam para o entendimento da violência de gênero como um problema estrutural das sociedades contemporâneas;

- Fomentar políticas de prevenção à violência contra as mulheres nas instituições de ensino.

Os autores dos três artigos que alcançarem as maiores notas serão premiados com livros e os cinco trabalhos que alcançarem as maiores notas serão publicados de forma resumida, no site do Tribunal de Justiça, durante a Semana da Justiça pela Paz em Casa de março de 2022. Todos os trabalhos que alcançarem nota igual ou superior a 7,0 serão publicados no site da Coordenadoria Estadual da Mulher e na Revista Trimestral de Jurisprudência do TJMS. Os autores dos artigos que passarem pela fase de habilitação receberão um certificado de participação.

Deixe seu Comentário

Leia Também

INTERNACIONAL
Justiça argentina começa interrogatórios sobre morte de Maradona
Entidades acusam governo federal de perseguir pesquisadores
CÂMARA DOS DEPUTADOS
Entidades acusam governo federal de perseguir pesquisadores
CAPITAL
Mulher é acusada de agredir e xingar policiais em bairro de Campo Grande
FUTEBOL
Copa América: seleção chega ao Rio de Janeiro para jogo contra Peru
Especialistas criticam ausência de programação de combate ao racismo na EBC
CÂMARA DOS DEPUTADOS
Especialistas criticam ausência de programação de combate ao racismo na EBC
INTERNET
Pesquisa aponta inacessibilidade de sites culturais
LEGISLATIVO
Câmara aprova isenção de impostos para beneficiários do "Casa Verde Amarela"
IMUNIZAÇÃO
Covid-19: 82% dos indígenas receberam 1ª dose, diz Ministério da Saúde
COVID-19
Estado acolhe flexibilização de medidas em Dourados, mas mantém bandeira "cinza"
ESPORTES
Ministério da Saúde confirma 41 casos de covid-19 na Copa América

Mais Lidas

DOURADOS
Adolescente morre atropelado na BR-163 e condutor foge do local
REGIÃO
Homem é executado a tiros na rodoviária de Nova Alvorada do Sul
DOURADOS
Jovem é encontrado caído em via na área central e estado de saúde é grave
DOURADOS
Homem tem carro furtado depois de ir com quatro pessoas para motel na BR-463