Menu
Busca sexta, 26 de fevereiro de 2021
(67) 99257-3397

EB vai trabalhar em ações específicas e não ocupará ruas no Rio

10 maio 2004 - 21h00

A governadora Rosinha Garotinho e o ministro da Coordenação Política, Aldo Rebelo, disseram há pouco, em entrevista coletiva, que dois mil homens do Exército vão trabalhar em conjunto com as policias Civil e Militar no combate ao tráfico de drogas no Rio. O enfoque das ações será o uso da inteligência para descobrir os locais onde bandidos possam estar guardando armas de uso restrito. Rosinha e Rebelo afirmaram, no entanto, que as tropas militares federais farão apenas ações específicas e não policiamento ostensivo nas ruas. ""A população não verá nenhuma tropa nem canhões nas ruas do Rio de Janeiro. Essa não é uma intervenção nem branca, nem rosa e nem de nenhum tipo e sim uma cooperação"", afirmou a governadora. Será tarefa das Forças Armadas a busca e apreensão de armas de grande porte e, quando necessário, incursões à favelas sob orientação do Comando Militar do Leste (CML) para a busca desse tipo de armamento. Ficou acertado também a liberação de recursos para a construção de mais dois presídios no estado além do aumento no efetivo da Polícia Rodoviária com cerca de 200 homens e 25 carros, e da Polícia Federal, na qual haverá a construção de uma delegacia em Volta Redonda, do Sul do estado. A reunião contou com a presença dos ministros da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, da Defesa, José Viegas, e da Coordenação Política, Aldo Rebelo; da governadora Rosinha Garotinho, do secretário de Segurança Pública, Anthony Garotinho, e do secretário de Administração Penitenciária, Astério Pereira dos Santos, no Palácio Guanabara, em Laranjeiras, na Zona Sul do Rio. O objetivo do encontro foi traçar detalhes da ação conjunta entre as forças militares federais e a polícia estadual no combate ao tráfico de drogas no Rio. Um convênio entre o governo federal e estado foi assinado. Não haverá intervenção.

Deixe seu Comentário

Leia Também

'Fakes' ainda assustam indígenas e atrapalham imunização nas aldeias de Dourados
PANDEMIA
'Fakes' ainda assustam indígenas e atrapalham imunização nas aldeias de Dourados
Educação contrata 3 mil vagas na educação infantil em Dourados
0 A 6 ANOS
Educação contrata 3 mil vagas na educação infantil em Dourados
Estado prorroga toque de recolher decretado em janeiro por mais 15 dias
PANDEMIA
Estado prorroga toque de recolher decretado em janeiro por mais 15 dias
Autuado em três crimes, líder de quadrilha que furtava máquinas agrícolas ficará na PED
OPERAÇÃO
Autuado em três crimes, líder de quadrilha que furtava máquinas agrícolas ficará na PED
Mulher é presa após furtar residência no Altos do Indaiá
DOURADOS 
Mulher é presa após furtar residência no Altos do Indaiá
INFORME PUBLICITÁRIO
Investimento Ecoeficiente
CAPITAL
Ao chegar em casa, mulher é cercada por dupla armada e perde carro
EDUCAÇÃO
Presidente do Inep, Alexandre Ribeiro Pereira Lopes é exonerado do cargo
EXPEDIENTE
Comarca de Aparecida do Taboado terá interrupção de energia nesta sexta
ITAQUIRAÍ
Neno Razuk pede doação de veículo para associação de agricultura familiar 

Mais Lidas

POLÍCIA
Identificada vítima fatal de acidente entre carretas
DOURADOS 
Operação desarticula quadrilha especializada em furtos de máquinas agrícolas
PARAGUAI
Quadrilha é presa com 1,4 tonelada de cocaína e até avião na fazenda de Pavão
PERIMETRAL NORTE
Carro é destruído pelo fogo após acidente em Dourados; veja o vídeo