Menu
Busca sábado, 15 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Duelo com Furacão é encarado como “decisão” antecipada

05 setembro 2004 - 20h11

Com a vaga garantida na próxima fase da Copa Sul-americana, o time do Santos já tratou de esquecer a vitória sobre o Paraná e passa a pensar exclusivamente em um rival direto pela briga do título do Campeonato Brasileiro. Após bater o Juventude, o Peixe terá pela frente uma semana decisiva com duelos contra Atlético-PR e Palmeiras, dois adversários diretos na briga pela ponta da tabela. O Furacão paranaense é justamente o time que divide a liderança com o alvinegro e, por isso, o Santos não teve folga neste domingo. Já o Palmeiras vem em quarto lugar na tabela, com 48 anos, três a menos que os líderes do Nacional. Se vencer os dois rivais, o alvinegro da Baixada vencerá o que, no discurso pronto do futebol, são apontados como “jogos de seis pontos”, ganhando a tão sonhada folga na liderança. Além de conseguir a “gordura” tão propagada por Wanderley Luxemburgo, o time ainda se vingaria das derrotas sofridas no primeiro turno, já que perdeu do Atlético-PR (1 a 0) e foi goleado pelo Palmeiras (4 a 0), este em plena Vila Belmiro.Por isso, os jogadores encaram a semana como uma decisão. “É uma semana decisiva para nossas pretensões. Além de vencer, roubaríamos seis pontos dos concorrentes e teríamos uma folga”, comentou o atacante Basílio, que deve formar a dupla de frente com William, pois Robinho está na seleção brasileira e Deivid cumpre suspensão. O meia Elano aponta que os duelos desta semana têm a mesma importância do confronto com o Cruzeiro no ano passado. “É muito semelhante. Lógico que depois ainda tem muito campeonato, mas uma vitória na quarta será muito importante”, disse o atleta, que também cumpre suspensão contra o Furacão. Já o técnico Luxemburgo vai na contramão dos atletas e prefere descaracterizar a semana como decisiva. “São dois jogos importantes, mas não decisivos. Depois tem muito jogo pela frente e muita coisa pode mudar”, disse. Mesmo assim, o treinador sabe que as vitórias darão um conforto necessário à equipe. “É importante para abrir diferença para os adversários, mas não podemos ir afobados”, analisou Luxemburgo, que comandou o Cruzeiro campeão de 2003, que venceu as duas “decisões” com o Santos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TV furtada de estabelecimento comercial é recuperada e mulher presa por receptação
DOURADOS
TV furtada de estabelecimento comercial é recuperada e mulher presa por receptação
Deputado quer posto de saúde para atender cinco bairros em Dourados
LEGISLATIVO DE MS
Deputado quer posto de saúde para atender cinco bairros em Dourados
LEVOU OUTROS PERTENCES DO 'BAÚ'
Jovem tem moto furtada no centro de Dourados
Detran-MS continua mutirão de renovação de CNH com EAR neste sábado
PERMISSÃO
Detran-MS continua mutirão de renovação de CNH com EAR neste sábado
Bandido furta comércio e é preso logo depois com bebidas que havia levado
DOURADOS
Bandido furta comércio e é preso logo depois com bebidas que havia levado
CAMPO GRANDE
Após discussão, jovem bate veículo em poste e namorada que estava no capô morre
SAÚDE & BEM-ESTAR
Hospital dos Olhos Dourados orienta sobre a importância do acompanhamento oftalmológico na infância
ACIMA DE 69 ANOS
Dourados tem 'Dia D' para 2ª dose da coronavac em idosos acima de 69 anos
TEMPO
Temperatura continua amena em Dourados e máxima não passa de 26ºC
LEGISLATIVO DE MS
Ato da Mesa Diretora mantém Assembleia fechada para o público na pandemia

Mais Lidas

CORONAVÍRUS
Murilo Zauith passa por reabilitação e segue internado em SP
TRÁFICO DE DROGAS
Chefe do 'Comando Vermelho' e foragido há seis meses é preso em Dourados
DOURADOS
Criança encontrada morta apresentou problemas estomacais uma semana antes
CACHOEIRINHA
Polícia fecha ponto de distribuição de drogas e prende abastecedor