Menu
Busca terça, 18 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Duarte inaugura eletrificação em assentamento de Naviraí

11 agosto 2004 - 12h46

O governo de Mato Grosso do Sul, através da Secretaria de Infra-estrutura e Habitação, representado pelo secretario Paulo Duarte, e o diretor-presidente da Agesul (Agência de Gestão de Empreendimentos de Mato Grosso do Sul), Carlos Augusto Longo, entregam na próxima sexta-feira a rede de energia elétrica no assentamento Juncal, no município de Naviraí. Serão atendidas 500 pessoas, beneficiando 117 domicílios. O programa Luz Para Todos, foi criado pelo governo federal, através do Ministério de Minas e Energia, há 5 meses, e desde então já beneficiou 334 domicílios e 1.598 pessoas em seis assentamentos de diferentes regiões do Estado. Até agora foram investidos R$ 1,55 milhão em recursos do Governo Popular, governo federal e Enersul (Empresa Energética de Mato Grosso do Sul).Os assentamentos beneficiados no projeto Pioneiro são: Margarida Alves, em Rio Brilhante; Vista Alegre, Capão Bonito III e Vacaria, em Sidrolândia; e Canto Galo em Maracaju. A eletrificação nesses locais será entregue nos próximas dias.Na segunda etapa do programa de eletrificação, do projeto Pioneiro, foi destinada a atender 11 assentamentos, está em fase de construção e prevê entrega da obra até dezembro. Neste segundo lançamento foram investidos mais R$ 3,97 milhões, beneficiando 894 famílias, 4.680 pessoas em sete municípios.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CHAPADÃO DO SUL
Motorista tem perna esquerda estilhaçada em explosão de compressor de ar
IstoÉ
Michelle Bolsonaro perde processo e terá de pagar indenização de R$ 15 mil
CAPITAL
Preso, rapaz diz que espancou idoso por ele 'mexer' com sobrinho de 1 ano
UEMS
Mestrado em Educação Científica e Matemática prorroga inscrições até junho
CORUMBÁ
Após assaltar papelaria, ladrão tenta fugir para mata e invade residência
SAÚDE
Diretora do Conselho de Farmácia alerta para uso irracional de medicamentos
Polícia do Paraguai apreende cocaína escondida em chifre ornamental
GOVERNO BOLSONARO
Ocupação irregular na Amazônia cresceu 56% em dois anos, diz instituto
ANTÔNIO JOÃO
Homem é preso por tentar matar adolescente de 17 anos a tiros
REGIÃO
Inscrições para processo seletivo de estágio em Angélica são prorrogadas

Mais Lidas

CAMPO GRANDE
Após discussão, jovem bate veículo em poste e namorada que estava no capô morre
POLÍCIA
'Apaixonado', rapaz furta objetos na PED para ser preso e reencontrar marido
FEMINICÍDIO
Mulher baleada na cabeça pelo ex-marido morre no hospital
REGIÃO
Mulher mata o marido a facadas após discussão em MS