Menu
Busca sexta, 14 de agosto de 2020
(67) 99659-5905

Dólar comercial abre em alta cotado a R$ 2,944

15 dezembro 2003 - 09h44

O dólar comercial abriu hoje em alta de 0,27%, cotado a R$ 2,934 na compra e R$ 2,944 na venda. Na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), o dólar para liquidação em janeiro está em R$ 2,952, estável. A última reunião do ano do Comitê de Política Monetária (Copom) é o principal destaque desta semana. O comitê irá decidir se reduz mais uma vez a taxa básica de juros da economia, a Selic, hoje de 17,50% ao ano. Outro destaque desta semana será o vencimento de uma dívida pública de US$ 1,2 bilhão. Como o governo decidiu não renegociar a dívida, a previsão é de maior pressão de alta do dólar até quarta-feira. Esta é considerada por muitos agentes financeiros como a última semana "útil" do ano. É um período em que várias tesourarias bancárias reduzem suas operações de giro rápido, por já terem cumprido suas metas do ano. Empresas de comércio exterior também começam a se retrair daqui até o final do mês. A liquidação de dívidas do governo e a redução da liquidez são dois outros fatores de pressão sobre a moeda, que recentemente vem registrando estabilidade das cotações. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

FRONTEIRA
Homem é executado a tiros ao parar com Mercedez em semáforo
POLÍTICA
Bolsonaro admite voltar ao PSL em vez de 'investir' em outro partido
CRIME AMBIENTAL
Assentado é multado em R$ 20 mil por provocar incêndio na propriedade
UFGD
Editora lança obras em comemoração aos 15 anos de Universidade
POLÍCIA
Professor preso em operação contra pedofilia será afastado de escolas
REGIÃO
Detran/MS finaliza leilão e contabiliza quase R$ 800 mil em arrecadação
MEIO AMBIENTE
Ação conjunta apreende carreta com produtos perigosos de sucatas de baterias
EDUCAÇÃO
IFMS altera cronograma de seleção para cursos de idiomas
CAPITAL
Polícia faz buscas por suspeito de matar jovem p´roximo a unidade de saúde
POLÍTICA
Senador Nelsinho Trad relata cenário de devastação na capital do Líbano

Mais Lidas

DOURADOS
Preso no Ipê Roxo era investigado desde fevereiro por estupro do sobrinho
VIDA NOTURNA
“Estão passando fome”: profissionais do sexo sofrem com a pandemia em Dourados
DOURADOS
Com gritos de "pega ladrão", grupo é flagrado furtando carro no Jardim Paulista
DOURADOS
Decreto deve autorizar volta de cursos profissionalizantes e atividades práticas de universidades