Menu
Busca domingo, 09 de agosto de 2020
(67) 99659-5905

Divulgados prazos para pedido de Tarifa Social na energia

30 dezembro 2003 - 14h04

A Aneel publicou nesta segunda-feira (29/12) resolução que estabelece nova sistemática e novos prazos para que as unidades consumidoras residenciais com média de consumo mensal entre 80 e 220 kWh comprovem sua condição de baixa renda.A resolução incorpora as novas diretrizes do governo federal para concessão do subsídio às famílias que se encontram em situação de pobreza ou de extrema pobreza. Pelas novas regras, para ter direito à tarifa de baixa renda, os consumidores terão que comprovar que estão inscritos ou que estão aptos a se inscrever no Bolsa Família, programa do Governo Federal que exige que a média da renda familiar per capita não ultrapasse R$ 100,00 por mês. Instituído pela Medida Provisória n° 132, de 20 de outubro de 2003, o Bolsa Família unificou os cadastros das ações de transferência de renda do Governo Federal.As unidades consumidoras residenciais com média de consumo mensal entre 80 e 220 kWh atualmente enquadradas na categoria baixa renda com base nos antigos critérios de classificação, anteriores à publicação da Lei 10.438/02, permanecerão temporariamente recebendo o subsídio tarifário até 29 de fevereiro de 2004.Segundo sistemática definida pelo governo federal, os consumidores que estejam classificados como baixa renda pelos critérios antigos e aqueles que, por qualquer motivo, ainda não tenham realizado sua inscrição no Bolsa Família, e que tenham direito à tarifa social, terão um prazo adicional para fazê-lo. Para tanto, bastará que o titular da conta de luz que se considerar em condições de participar do Programa envie à distribuidora uma declaração assinada por meio da qual afirmará que a renda média de sua família lhe possibilita receber o benefício da baixa renda.O modelo dessa declaração será enviado pelas concessionárias partir de 15 de janeiro de 2004, juntamente com as contas de luz, a todas as unidades consumidoras residenciais com média de consumo mensal entre 80 e 220 kWh. O responsável pela unidade terá 30 dias, a contar da data de vencimento da conta de luz, para assinar e devolver, por correio, com porte pago pela distribuidora, a declaração de que atende aos critérios do Bolsa Família. A data-limite para envio da declaração será 29 de fevereiro de 2004. Após o envio da declaração, o consumidor terá até 31 de julho de 2004 para comprovar junto à distribuidora sua inscrição no Programa do Governo Federal. Se não o fizer até essa data, perderá o direito ao benefício, conforme a sistemática definida pelo governo.O consumidor que já provou estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal ou que é beneficiário do Bolsa Escola, Bolsa Alimentação ou Auxílio-Gás não necessitará fornecer novamente a informação à distribuidora para continuar recebendo o subsídio porque o Bolsa Família incorporou o cadastro desses programas. Vale lembrar que unidades com consumo mensal entre 0 e 80 kWh não precisam se cadastrar porque, por lei, têm, automaticamente, direito aos descontos tarifários da categoria baixa renda. Atualmente, cerca de 17 milhões de unidades residenciais são beneficiadas pelo subsídio, que pode representar desconto de até 65% sobre a tarifa convencional. Do total de unidades que possuem o benefício, aproximadamente 12 milhões situam-se na faixa de consumo entre 0 e 80 kWh/mês

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPEONATO BRASILEIRO
Santos sai na frente, mas vê Bragantino empatar nos acréscimos
TRÁFICO DE DROGAS
Após perseguição, polícia apreende 300 quilos de maconha
INTERNACIONAL
Polícia entra em confronto com manifestantes em Beirute
CULTURA
Mostra traz 98 filmes de 24 países sobre questões ambientais e sociais
CORONAVÍRUS
Itália tem 463 novos casos de Covid-19 e duas mortes em 24 horas
OPINIÃO
Autossuficiência que almejamos
PANDEMIA
Brasil registra 3 milhões de casos de coronavírus e 101 mil mortes
BRASILEIRÃO
Flamengo é derrotado pelo Atlético-MG com gol contra de Filipe Luís
FUTEBOL
STJD aceita pedido do Goiás e partida contra o São Paulo é adiada
INTERNACIONAL
Doadores prometem ajuda humanitária “importante” ao Líbano

Mais Lidas

DOURADOS
Homicídio ocorreu após madrugada de farra e confusões na Jaguapiru
PANDEMIA
Paciente internado em Dourados morre de coronavírus
DOURADOS
Equipe do Samu se desloca para atender vítima de facadas em bairro
PANDEMIA
Cerca de 90% douradenses diagnosticados com Covid estão recuperados