Menu
Busca segunda, 17 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Diversidade atendida pelo governo é mostrada a americanas

17 agosto 2004 - 14h52

Uma audiência com o secretário de Estado de Educação, Hélio de Lima, hoje de manhã, deu início às visitas e contatos que as gestoras norte-americanas Mirian Acosta-Sing e Coran James farão a comunidades escolares de Mato Grosso do Sul. As dirigentes de escolas nos Estados Unidos vieram ao Estado para conhecer a realidade da educação e trocar experiências com gestores de escolas, através do Programa de Intercâmbio de Diretores Escolares, promovido pelo Conselho Nacional dos Secretários de Educação (Consed), em parceria com a Embaixada Americana.O secretário apresentou às gestoras as especificidades da atuação de cada coordenadoria da Secretaria de Estado de Educação (SED), dando ênfase aos programas que atendem às diversidades, com aplicação de uma pedagogia diferenciada, como educação escolar indígena, educação básica no campo, alfabetização e educação de jovens e adultos. Outro projeto lembrado por Hélio foi o Informática na Educação: Preparando o Cidadão do Século 21, que já informatizou todas as 80 escolas estaduais de Campo Grande.Também foi apresentado às diretoras nova-iorquinas vídeo sobre Mato Grosso do Sul, estado que fica no centro da América Latina, fazendo fronteira com dois países (Bolívia e Paraguai) e divisa com cinco estados brasileiros, o que favorece a pluralidade cultural. “Nosso trabalho é voltado para atender todos os alunos, independente de raça, de credo, de ideologia, da localização. A educação representa liberdade e é um direito de todos”, afirmou Hélio de Lima.As diretoras Mirian Acosta-Sing e Coran James ficaram interessadas e trocaram algumas informações sobre o tempo que os alunos permanecem nas escolas e, em especial, sobre o programa Brasil Alfabetizado Mova-MS Alfabetizado, que alfabetizou mais de 43 mil pessoas em 2003 e já cadastrou quase 27 mil este ano. Durante a tarde, as gestoras norte-americanas visitarão a escola estadual Padre João Greiner, onde assistirão a apresentações culturais de dança e música por grupo de alunos, exposição de fotos das atividades da unidade, a um vídeo elaborado pelo alunos na Oficina de Vídeo e a uma aula prática de Física no laboratório. Amanhã, elas conhecerão a escola estadual Zumbi dos Palmares, em Furnas do Dionísio, e na quinta viajarão a Aquidauana, onde visitarão a escola municipal Indígena Marcolino Lili, na aldeia Lagoinha.O programa de intercâmbio permite que profissionais em educação conheçam realidades distintas das que eles vivenciam em suas escolas, promovendo a troca de experiências para aperfeiçoamento do setor. Ao todo, oito professores norte-americanos virão ao Brasil divididos em quatro duplas. Cada dupla visita uma região diferente do País: Mato Grosso do Sul e Mato Grosso; Distrito Federal e Goiás; Piauí e Maranhão; Paraná e Rio de Janeiro. Os diretores visitarão 24 unidades escolares, que foram escolhidas por terem alcançado um bom resultado em levantamentos que avaliaram a gestão escolar. Diretores brasileiros também participarão de um grupo de estudo nos Estados Unidos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GOVERNO BOLSONARO
Ocupação irregular na Amazônia cresceu 56% em dois anos, diz instituto
ANTÔNIO JOÃO
Homem é preso por tentar matar adolescente de 17 anos a tiros
REGIÃO
Inscrições para processo seletivo de estágio em Angélica são prorrogadas
BATAGUASSU
Mulher pediu medida protetiva quatro dias antes de ser morta pelo ex
EMPREGO
Exército Brasileiro abre concursos para 170 vagas de nível superior
CORUMBÁ
Com veículo de locadora, homem tenta ir para a Bolívia visitar o irmão
NÚMEROS DA PANDEMIA
Brasil se aproxima de 437 mil mortes por Covid, com 1.039 nas últimas 24 horas
OPERAÇÃO HÓRUS
PMR apreende contrabando de anabolizantes na rodovia MS-164
BRASIL
Taxas públicas e multas poderão ser quitadas com o PicPay
Jardineiro é preso após ferir criança de 6 meses e esganar mulher

Mais Lidas

CAMPO GRANDE
Após discussão, jovem bate veículo em poste e namorada que estava no capô morre
POLÍCIA
'Apaixonado', rapaz furta objetos na PED para ser preso e reencontrar marido
FEMINICÍDIO
Mulher baleada na cabeça pelo ex-marido morre no hospital
REGIÃO
Mulher mata o marido a facadas após discussão em MS