Menu
Busca sábado, 15 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Dirceu e Palocci pedem voto para petista no Mato Groso do Sul

19 agosto 2004 - 21h30

Na estratégia do PT de federalizar as eleições nas capitais, os ministros José Dirceu (Casa Civil) e Antonio Palocci Filho (Fazenda) apareceram ontem à noite na propaganda eleitoral do candidato petista a prefeito de Campo Grande, Vander Loubet, que busca chegar ao segundo turno com o candidato do PMDB, Nelsinho Trad, líder nas pesquisas eleitorais."O Vander é um dos deputados [federais] que melhor conhece como buscar apoio aqui em Brasília para seu Estado. Conheço o Vander há muito tempo e confio nele, apoio integralmente", diz Antônio Palocci, que aparece ao lado de Vander Loubet na propaganda. "É o nosso candidato", afirma José Dirceu. Na convenção do partido em junho, quando Vander Loubet foi lançado candidato, o ministro disse em Campo Grande que as eleições eram nacionais e não apenas municipais. Vander Loubet cita na propaganda eleitoral como vantagem para o PT o crescimento econômico do país. Ele também diz ser amigo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. "Claro que o sucesso macroeconômico da política do ministro Palocci e do presidente Lula vai favorecer em muito as candidaturas do PT. Ou seja, há seis meses nós tínhamos dificuldades. Em que pese a eleição não ser nacionalizada, o PT é partido nacional", disse Ronaldo Franco, coordenador da campanha eleitoral de Vander. A estratégia de federalização da campanha do PT nas principais capitais é do publicitário Duda Mendonça, que cuida da campanha do partido em São Paulo, Belo Horizonte, Recife, Curitiba e Goiânia. O responsável pela campanha de Vander Loubet em Campo Grande é João Santana, ex-sócio de Duda Mendonça, marqueteiro de Lula na campanha presidencial passada. "A insistência de veicular um candidato amigo de Lula [Vander] a vantagens para a cidade soa como tentativa de coação para o eleitor", afirmou, por meio de sua assessoria, Nelsinho Trad, principal adversário do PT. Em Belo Horizonte (MG), ministros do governo Lula pediram votos apenas para os candidatos a vereador de seus partidos. No programa do PT, já foram ao ar participações dos ministros Luiz Dulci (Secretaria-Geral da Presidência) e Nilmário Miranda (Secretaria Especial de Direitos Humanos). Ciro Gomes (Integração Nacional) apareceu no programa do PPS e o vice-presidente José Alencar pediu votos para os candidatos do PL.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Missão de mãe
ARTIOGO
Missão de mãe
Polícia apreende veículo com adulteração de sinal identificador
REGIÃO
Polícia apreende veículo com adulteração de sinal identificador
SAÚDE
Estudo investiga como começa e evolui o câncer de esôfago
Relojoaria na Avenida Marcelino Pires é furtada
DOURADOS
Relojoaria na Avenida Marcelino Pires é furtada
Em menos de 24h, polícia prende três indivíduos com mandados de prisão em aberto
REGIÃO
Em menos de 24h, polícia prende três indivíduos com mandados de prisão em aberto
PARADESPORTO
De MS, Cowboy leva outro ouro e dupla feminina vai para Tóquio
REGIÃO
Polícia encerra festa com aglomeração em Bonito e apreende aparelho de som
DIREITOS HUMANOS
Seminário online gratuito debate acessibilidade e inclusão digital
PANDEMIA
Dourados confirma mais de 200 novos casos de coronavírus e dois óbitos
POLÍTICA
Senado vai analisar projeto com novas regras para o licenciamento ambiental

Mais Lidas

CORONAVÍRUS
Murilo Zauith passa por reabilitação e segue internado em SP
TRÁFICO DE DROGAS
Chefe do 'Comando Vermelho' e foragido há seis meses é preso em Dourados
DOURADOS
Criança encontrada morta apresentou problemas estomacais uma semana antes
CACHOEIRINHA
Polícia fecha ponto de distribuição de drogas e prende abastecedor